Rio de Janeiro, sábado, 21 de outubro de 2017 - 19h08min
Clube
História
Estádios
Símbolos
Presidentes
Futebol
Jogos
Títulos
Atletas
Técnicos
Competições
Informação
Livros
Crônicas
Reportagens
Por onde anda?
Estatísticas
Gerais
Confrontos
Campanhas
Ranking CBF
Competições
Multimídia
Fotos
Áudios
Vídeos

» 1ª Página » Informação » Crônicas


VETO PARA ENTRAR PARA O GUINNESS

Uma notícia incrível passou quase despercebida nos últimos dias, especialmente em São Paulo. O presidente do América-RJ, Reginaldo Mathias, requereu por escrito à Ferj o veto de 34 árbitros e bandeirinhas para a partida contra o Bangu, que acabou rebaixado do Campeonato do Rio.

O número é incrível. Numa rodada do Estadual, há seis jogos. Neles atuam 18 árbitros e auxiliares. O que o América vetou é quase o dobro disso. Todos, segundo Mathias, trabalham rotineiramente nas partidas do Bangu e Americano.

Como o veto sempre está ligado à desconfiança do dirigente com a lisura do árbitro, isso quer dizer que o América desconfia dessa gente toda. Mathias diz que sabe do que está falando porque ele mesmo foi árbitro e tem convicção de que o América foi rotineiramente espoliado na competição.

Outra história tão ou mais incrível é a do vice-presidente da Federação do Rio (Ferj) e ex-presidente do Bangu, Rubens Lopes, que acusa o outro vice-presidente da entidade, Francisco Aguiar, de armar um esquema para prejudicar o Bangu nesse campeonato, segundo notícia publicada anteontem pelo jornal "O Globo".

O mais incrível das duas histórias é que ambos isentam o presidente Eduardo Viana. Pelo quadro que Mathias e Lopes traçam, o Caixa D'Água deveria ser o maior banana da paróquia, o que não combina nada com sua imagem de prepotente.

Há uma semana a Polícia Federal invadiu a sede da Ferj para investigar desvio de renda. Pelo jeito, o reinado do Caixa D'Água, enfim, está ruindo.


Texto: Marcelo Damato.
Fonte: Coluna Papo com Marcelo, publicada no Jornal Lance!, em 24/03/2004.

     
Livros
 
Estatísticas
 
Jogos 4.133
Vitórias 1.728
Empates 979
Derrotas 1.426
Gols Pró 7.305
Gols Contra 6.332
Saldo de Gols 973
Artilheiros
 
Ladislau 231
Moacir Bueno 203
Nívio 152
Menezes 137
Zizinho 125
Luís Carlos 119
Paulo Borges 109
Décio Esteves 98
Arturzinho 93
Marinho 83