Rio de Janeiro, sábado, 19 de agosto de 2017 - 06h19min
Clube
História
Estádios
Símbolos
Presidentes
Futebol
Jogos
Títulos
Atletas
Técnicos
Competições
Informação
Livros
Crônicas
Reportagens
Por onde anda?
Estatísticas
Gerais
Confrontos
Campanhas
Ranking CBF
Competições
Multimídia
Fotos
Áudios
Vídeos

» 1ª Página » Informação » Crônicas


O BANGU E A COPA DO MUNDO

Estamos a menos de um mês do início da Copa do Mundo. Lá na África do Sul, a partir de 11 de junho, serão 32 seleções buscando jogar o melhor futebol possível. Alguns, se contentam em estar lá, outras, pensam somente no título.

Curioso pensar que o Bangu - que desde 1986 não cede um único atleta para a Seleção Brasileira - tem um histórico de confrontos contra várias seleções nacionais (31 no total), partidas que foram realizadas entre 1919 e 1992. Das equipes que estão na Copa do Mundo, o time de Moça Bonita já jogou contra 13, obtendo resultados inesperados.
 

Grupo A
No Grupo A da Copa, com a presença de África do Sul, México, França e Uruguai, o Bangu já atuou contra as duas seleções do continente americano. Em 1953, durante uma excursão ao México, o time treinado por Délio Neves atuou duas vezes contra a seleção deles. Foram duas vitórias banguenses: 4 a 0, em 25 de junho; e 2 a 1, em 12 de julho.

Em 1981, o Uruguai se preparava para as Eliminatórias e o Bangu foi convidado para jogar em Montevidéu, graças a Pedro Rocha. No dia 2 de agosto, os banguenses, treinados por João Francisco, foram derrotados por 3 a 0.
 

Grupo B
No Grupo B do Mundial temos a Argentina, a Grécia, a Nigéria e a Coréia do Sul. Novamente, duas dessas seleções já jogaram contra o Bangu. Em 24 de maio de 1919, a equipe argentina foi até a Rua Ferrer atuar amistosamente contra os alvirrubros. O resultado foi um empate em 1 a 1 contra uma seleção que tinha terminado de jogar o Campeonato Sul-Americano. Em 7 de novembro de 1957, na despedida de Zizinho, o Bangu foi até Buenos Aires, vestindo a camisa da Seleção Carioca, e o time, treinado por Gentil Cardoso, arrancou outro empate, agora por 2 a 2, depois de perder o primeiro tempo por 2 a 0.

A Coréia do Sul também atuou duas vezes contra os alvirrubros. Em 1985, durante a President´s Cup, em Seul, foram dois jogos e dois empates em 1 a 1, nos dias 12 de junho e 15 de junho. Após o segundo empate, a Coréia ganhou nos pênaltis por 4 a 2 e se classificou para a final do torneio.
 

Grupo C
No Grupo C, com Inglaterra, Eslovênia, Estados Unidos e Argélia, o Bangu jogou apenas contra os argelinos em 31 de outubro de 1970, em Argel, durante uma vitoriosa excursão à África. Os alvirrubros, treinados por José Alves do Rio, venceram por 2 a 1.
 

Grupo D
O Grupo D, com Alemanha, Gana, Sérvia e Austrália, também reservou uma pequena história para o Bangu. Durante a excursão africana, em 8 de novembro de 1970, em Acra, o resultado foi um empate em 0 a 0.
 

Grupo E
Holanda, Dinamarca, Camarões e Japão compõem o Grupo E do Mundial. O Bangu enfrentou as duas potências européias. A Holanda, em 1951, durante a excursão combinada com o São Paulo. O jogo, realizado em Amsterdam, no dia 10 de abril, terminou com a vitória do Bangu/São Paulo por 3 a 1. Já a Dinamarca recebeu o Bangu em Copenhague, em 14 de maio de 1963, e nos venceu por 3 a 1.
 

Grupo F
O grupo da Itália conta também com Nova Zelândia, Paraguai e Eslováquia. Em 13 de junho de 1965, em Assunção, o Paraguai goleou o Bangu, do técnico Gentil Cardoso, por 5 a 1.
 

Grupo G
Brasil, Coréia do Norte, Costa do Marfim e Portugal são as seleções do Grupo G. A Costa do Marfim veio até Moça Bonita em 1988 e derrotou o time de Zagalo por 1 a 0, no dia 26 de janeiro. Já contra a Seleção Brasileira, o Bangu fez sete partidas, sempre em anos de Copas do Mundo: 1950, 1966 e 1970. Foram quatro jogos em 1950: uma vitória banguense (5 a 2) e três derrotas (5 a 0, 3 a 1 e 7 a 1). Em 1966 foram dois encontros: uma vitória alvirrubra (1 a 0) e uma vitória da seleção (3 a 2). Em 1970, o confronto mais famoso, em Moça Bonita, no dia 14 de março, terminou empatado em 1 a 1. No dia seguinte, o técnico da Seleção, João Saldanha, perdeu o cargo.
 

Grupo H
Com Espanha, Honduras, Chile e Suíça, este é o grupo que o Bangu mais já enfrentou. A Seleção espanhola, acreditem!, ficou concentrada na Vila Hípica, em Bangu, durante a Copa do Mundo de 1950 e, consequentemente, fez um jogo contra o alvirrubro, goleando o time treinado por Aymoré Moreira por 4 a 1.
Honduras recebeu o Bangu duas vezes em seu território. Em 1º de julho de 1973, o Bangu venceu por 2 a 1, em San Pedro Sula. Em 1984, foram dois jogos: em 12 de abril, o placar terminou empatado em 1 a 1, em Tegucigalpa. No jogo-desempate, em 14 de abril, enfim, a seleção hondurenha venceu por 1 a 0.
Já o Chile recepcionou os banguenses no grande Estádio Nacional de Santiago em 1950. A partida ficou no 1 a 1, em 14 de janeiro
.


Texto: Carlos Molinari, em 14/05/2010

     
Livros
 
Estatísticas 2017
 
Jogos 21
Vitórias 5
Empates 6
Derrotas 10
Gols Pró 19
Gols Contra 34
Saldo de Gols -15
Aproveitamento 33%
Artilheiros 2017
 
Loco Abreu 3
Raphael Augusto 3
Rogerinho 2
Bruno Luiz 2
Leandro Chaves 1
João Guilherme 1
Guilherme 1
Carlinhos 1
Anderson Penna 1
Hygor Guimarães 1
Daniel Bueno 1
Marlon 1
Mauro Silva 1