Rio de Janeiro, sábado, 16 de dezembro de 2017 - 05h09min
Clube
História
Estádios
Símbolos
Presidentes
Futebol
Jogos
Títulos
Atletas
Técnicos
Competições
Informação
Livros
Crônicas
Reportagens
Por onde anda?
Estatísticas
Gerais
Confrontos
Campanhas
Ranking CBF
Competições
Multimídia
Fotos
Áudios
Vídeos

» 1ª Página » Informação » Crônicas


O BANGU E A COPA DO MUNDO

Estamos a menos de um mês do início da Copa do Mundo. Lá na África do Sul, a partir de 11 de junho, serão 32 seleções buscando jogar o melhor futebol possível. Alguns, se contentam em estar lá, outras, pensam somente no título.

Curioso pensar que o Bangu - que desde 1986 não cede um único atleta para a Seleção Brasileira - tem um histórico de confrontos contra várias seleções nacionais (31 no total), partidas que foram realizadas entre 1919 e 1992. Das equipes que estão na Copa do Mundo, o time de Moça Bonita já jogou contra 13, obtendo resultados inesperados.
 

Grupo A
No Grupo A da Copa, com a presença de África do Sul, México, França e Uruguai, o Bangu já atuou contra as duas seleções do continente americano. Em 1953, durante uma excursão ao México, o time treinado por Délio Neves atuou duas vezes contra a seleção deles. Foram duas vitórias banguenses: 4 a 0, em 25 de junho; e 2 a 1, em 12 de julho.

Em 1981, o Uruguai se preparava para as Eliminatórias e o Bangu foi convidado para jogar em Montevidéu, graças a Pedro Rocha. No dia 2 de agosto, os banguenses, treinados por João Francisco, foram derrotados por 3 a 0.
 

Grupo B
No Grupo B do Mundial temos a Argentina, a Grécia, a Nigéria e a Coréia do Sul. Novamente, duas dessas seleções já jogaram contra o Bangu. Em 24 de maio de 1919, a equipe argentina foi até a Rua Ferrer atuar amistosamente contra os alvirrubros. O resultado foi um empate em 1 a 1 contra uma seleção que tinha terminado de jogar o Campeonato Sul-Americano. Em 7 de novembro de 1957, na despedida de Zizinho, o Bangu foi até Buenos Aires, vestindo a camisa da Seleção Carioca, e o time, treinado por Gentil Cardoso, arrancou outro empate, agora por 2 a 2, depois de perder o primeiro tempo por 2 a 0.

A Coréia do Sul também atuou duas vezes contra os alvirrubros. Em 1985, durante a President´s Cup, em Seul, foram dois jogos e dois empates em 1 a 1, nos dias 12 de junho e 15 de junho. Após o segundo empate, a Coréia ganhou nos pênaltis por 4 a 2 e se classificou para a final do torneio.
 

Grupo C
No Grupo C, com Inglaterra, Eslovênia, Estados Unidos e Argélia, o Bangu jogou apenas contra os argelinos em 31 de outubro de 1970, em Argel, durante uma vitoriosa excursão à África. Os alvirrubros, treinados por José Alves do Rio, venceram por 2 a 1.
 

Grupo D
O Grupo D, com Alemanha, Gana, Sérvia e Austrália, também reservou uma pequena história para o Bangu. Durante a excursão africana, em 8 de novembro de 1970, em Acra, o resultado foi um empate em 0 a 0.
 

Grupo E
Holanda, Dinamarca, Camarões e Japão compõem o Grupo E do Mundial. O Bangu enfrentou as duas potências européias. A Holanda, em 1951, durante a excursão combinada com o São Paulo. O jogo, realizado em Amsterdam, no dia 10 de abril, terminou com a vitória do Bangu/São Paulo por 3 a 1. Já a Dinamarca recebeu o Bangu em Copenhague, em 14 de maio de 1963, e nos venceu por 3 a 1.
 

Grupo F
O grupo da Itália conta também com Nova Zelândia, Paraguai e Eslováquia. Em 13 de junho de 1965, em Assunção, o Paraguai goleou o Bangu, do técnico Gentil Cardoso, por 5 a 1.
 

Grupo G
Brasil, Coréia do Norte, Costa do Marfim e Portugal são as seleções do Grupo G. A Costa do Marfim veio até Moça Bonita em 1988 e derrotou o time de Zagalo por 1 a 0, no dia 26 de janeiro. Já contra a Seleção Brasileira, o Bangu fez sete partidas, sempre em anos de Copas do Mundo: 1950, 1966 e 1970. Foram quatro jogos em 1950: uma vitória banguense (5 a 2) e três derrotas (5 a 0, 3 a 1 e 7 a 1). Em 1966 foram dois encontros: uma vitória alvirrubra (1 a 0) e uma vitória da seleção (3 a 2). Em 1970, o confronto mais famoso, em Moça Bonita, no dia 14 de março, terminou empatado em 1 a 1. No dia seguinte, o técnico da Seleção, João Saldanha, perdeu o cargo.
 

Grupo H
Com Espanha, Honduras, Chile e Suíça, este é o grupo que o Bangu mais já enfrentou. A Seleção espanhola, acreditem!, ficou concentrada na Vila Hípica, em Bangu, durante a Copa do Mundo de 1950 e, consequentemente, fez um jogo contra o alvirrubro, goleando o time treinado por Aymoré Moreira por 4 a 1.
Honduras recebeu o Bangu duas vezes em seu território. Em 1º de julho de 1973, o Bangu venceu por 2 a 1, em San Pedro Sula. Em 1984, foram dois jogos: em 12 de abril, o placar terminou empatado em 1 a 1, em Tegucigalpa. No jogo-desempate, em 14 de abril, enfim, a seleção hondurenha venceu por 1 a 0.
Já o Chile recepcionou os banguenses no grande Estádio Nacional de Santiago em 1950. A partida ficou no 1 a 1, em 14 de janeiro
.


Texto: Carlos Molinari, em 14/05/2010

     
Livros
 
Estatísticas
 
Jogos 4.116
Vitórias 1.713
Empates 980
Derrotas 1.423
Gols Pró 7.267
Gols Contra 6.306
Saldo de Gols 961
Artilheiros
 
Ladislau 229
Moacir Bueno 202
Nívio 152
Menezes 138
Zizinho 124
Luís Carlos 119
Paulo Borges 109
Décio Esteves 97
Arturzinho 93
Marinho 83