Fundado em 17 de abril de 1904
Clube
História
Estádios
Símbolos
Presidentes
Futebol
Jogos
Títulos
Atletas
Técnicos
Competições
Informação
Livros
Crônicas
Reportagens
Por onde anda?
Estatísticas
Gerais
Confrontos
Campanhas
Ranking CBF
Competições
Multimídia
Fotos
Áudios
Vídeos

» 1ª Página » Informação » Notícias » Jogos

24/05/1925 - BANGU 2 x 1 SÃO CRISTÓVÃO

FICHA TÉCNICA
Competição:
Campeonato Carioca (1º turno)
Local:
Rua Ferrer
Árbitro:
Rhodes da Silva
Floriano, Itália e Luiz Antônio; Oswaldo, Frederico e César; Agenor, Anchyses, Leite, Pastor e Antenor.
Paulino, Zé Luiz e Póvoas; Júlio, Nesi e Teóphilo; Manobra, Vicente, Bahianinho, Jaburu (Mendonça) e Hermann.
No 2º tempo: Anchyses e Frederico (Bangu), Nesi (São Cristóvão).

. . . . . . . . . . . . . . .

Fonte: Jornal do Brasil

O texto abaixo não foi atualizado, mantendo-se a escrita original da época.

Bangu x São Cristóvão - No bem tratado campo suburbano, feriu-se domingo último, a partida acima que conseguiu regular assistência. Foi uma peleja bastante interessante, só sendo de lamentar que o árbitro, indeciso na parte final do prélio, deixando de consignar várias penalidades graves contra o quadro local, e que naturalmente influíram na contagem final.

Para o prélio de ontem foi destacado o sr. Rhodes da Silva, do Fluminense, que à hora regulamentar alinhou os dois conjuntos assim organizados:

Bangu: Floriano, Itália e Luiz Antônio; Oswaldo, Frederico e César; Agenor, Anchyses, Leite, Pastor e Antenor.

São Cristóvão: Paulino, Zé Luiz e Póvoas; Júlio, Nesi e Teóphilo; Manobra, Vicente, Bahianinho, Jaburu (Mendonça) e Hermann.

É a saída dada pelo centro-avante local, mas esses perdem logo a pelota para os contrários, que são rechassados pela defesa local.

Assume, então, a partida bonito aspecto com ataques de ambos os lados, sem que, contudo, o score seja aberto. Até que, recebendo um passe da direita, Anchyses faz, de cabeça, em boa forma, o primeiro ponto da tarde.

Nota-se depois do feito banguense forte reação dos visitantes que, no entanto, nada conseguem até que é dado fim ao primeiro tempo.

Depois do descanso, voltam os litigantes, apresentando-se então muito melhor jogo dos sãocristovenses, que por verdadeira "guigne" algumas vezes e pela já deficiente atuação do árbitro, não conseguem abrir o score.

Em certa ocasião, Jaburu deixa o campo contundido, sendo substituído por Mendonça, beque do segundo time que apenas entrou em campo para fazer número, prejudicando até seus parceiros.

Registram-se algumas investidas dos locais, todas quebradas pela defesa visitante até que Nesi, de umas 30 jardas, com tiro alto, que cobre o keeper, adquire o ponto de empate em belíssimo estilo.

Poucos momentos durou o empate, pois em um avanço, os locais conseguem córner, que bem batido por Agenor, é melhor aproveitado por Frederico para a conquista do segundo e último gol da tarde.

Verifica-se forte reação dos da camisa branca, que põem em sério perigo a cidadela contrária, obrigando aos seus defensores a toda sorte de meios para salvar a situação.

Foi em um destes sérios ataques dos visitantes que Bahianinho, quando com um gol certo, foi calçado por Itália, estando o juiz a poucos passos de distância. Não obstante sua senhoria não viu.

Em outra ocasião, um dos defensores banguenses caiu e com ambas as mãos livrou seu arco de nova investida.

Com a bola em meio de campo, terminou o jogo com a vitória de 2 x 1 dos locais.
Na partida dos quadros secundários, saiu vencedor o São Cristóvão por 5 x 1.

     
Livros
 
Estatísticas
 
Jogos 4.116
Vitórias 1.713
Empates 980
Derrotas 1.423
Gols Pró 7.267
Gols Contra 6.306
Saldo de Gols 961
Artilheiros
 
Ladislau 229
Moacir Bueno 202
Nívio 152
Menezes 138
Zizinho 124
Luís Carlos 119
Paulo Borges 109
Décio Esteves 97
Arturzinho 93
Marinho 83