Rio de Janeiro, quinta-feira, 21 de setembro de 2017 - 18h25min
Clube
História
Estádios
Símbolos
Presidentes
Futebol
Jogos
Títulos
Atletas
Técnicos
Competições
Informação
Livros
Crônicas
Reportagens
Por onde anda?
Estatísticas
Gerais
Confrontos
Campanhas
Ranking CBF
Competições
Multimídia
Fotos
Áudios
Vídeos

» 1ª Página » Informação » Notícias » Jogos


BANGU 2 x 0 FRIBURGUENSE

FICHA TÉCNICA
Competição:
Copa Rio (3ª fase)
Local:
Estádio Proletário Guilherme da Silveira Filho, em Bangu
Data-Hora:
Sábado, 23/10/2010 - 16h (horário brasileiro de verão)
Renda:
R$ 440,00
Público:
73 pagantes (106 presentes)
Árbitro:
João Batista de Arruda (RJ)
Auxiliares:
Eduardo de Souza Couto (RJ) e Nogueira da Silva (RJ)
Espíndula; China, Abílio, Johnny (Caboclo) e Fabiano Silva; Marcão, André Barreto, Raphael Azevedo e Tiano (Nardo); Pipico e Marco Antônio (Alex Aves).
Técnico: Mazolinha.
Marcos; Waguinho (Zambi), Bidu, Lucas e Flavinho; Leomir (Diego), Sergio Gomes, Jorge Luis e Cassio; Ricardinho e Alves (Felipinho).
Técnico: Anderson Alves.
Marco Antônio e Fabiano Silva (Bangu); Leomir, Cássio, Bidu, Zambi e Flavinho (Friburguense)
-
Bangu 1 x 0: Marco Antônio, aos 12min do 1º tempo
Bangu 2 x 0: Nardo, aos 39min do 2º tempo

. . . . . . . . . . . . . . .

Bangu derrota Friburguense e segue na briga
Fonte: Fabio Menezes

Em partida bastante equilibrada, o Bangu - com um gol em cada tempo - derrotou o Friburguense por 2 a 0 na tarde deste sábado (23) no estádio Proletário Guilherme da Silveira em jogo válido pela primeira rodada do returno da terceira fase da Copa Rio de Profissionais. Com o resultado a equipe da Zona Oeste segue na briga pela vaga à final da competição pois chegou aos seis pontos, na vice-liderança do Grupo F, e está a quatro do líder Goytacaz, que derrotou em casa o America por 3 a 0. Agora o Bangu só volta a campo no próximo dia 3 de novembro, às quatro da tarde, para enfrentar o América no estádio Giulite Coutinho. Já o Friburguense, no mesmo dia e horário, recebe o Goytacaz no estádio Eduardo Guinle apenas pra cumprir tabela.


A partida

Com muita disputa no meio de campo e poucos espaços oferecidos, coube ao time da Zona Oeste chegar ao primeiro gol aos 12 minutos. Pipico alçou bola na grande área em cobrança de falta, o zagueiro Abílio apenas escorou para o cabeceio de Marco Antônio, que deslocou o goleiro Marcos.

O Friburguense não se abateu. Pelos flancos tentava o empate mas sem suplantar a sólida defensiva alvirrubra. Nos contra-ataques o Bangu tentou as suas melhores jogadas sempre contando com a categoria de Tiano na organização. A última chance de perigo no primeiro tempo mais uma vez surgiu em bola parada. O próprio Tiano, em cobrança de falta, exigiu grande defesa do arqueiro serrano, aos 31 minutos.

Na etapa final, com inteligência, o Bangu soube conter o ímpeto do Friburguense que buscava o empate nas jogadas em velocidade, através do lateral Flavinho. Explorando o toque de bola eficiente, o time de Mazolinha definiu o marcador aos 39 minutos. Pipico arrancou pela direita, tocou para Raphael Azevedo e este deixou Nardo livre para bater forte e fazer Bangu 2 a 0.

Tentando seu, o Tricolor da Serra exigiu duas grandes defesas de Espíndula que garantiram a invencibilidade da meta banguense.

. . . . . . . . . . . . . . .

Video do jogo
 
     
Livros
 
Estatísticas
 
Jogos 4.133
Vitórias 1.728
Empates 979
Derrotas 1.426
Gols Pró 7.305
Gols Contra 6.332
Saldo de Gols 973
Artilheiros
 
Ladislau 231
Moacir Bueno 203
Nívio 152
Menezes 137
Zizinho 125
Luís Carlos 119
Paulo Borges 109
Décio Esteves 98
Arturzinho 93
Marinho 83