Rio de Janeiro, quinta-feira, 21 de setembro de 2017 - 18h22min
Clube
História
Estádios
Símbolos
Presidentes
Futebol
Jogos
Títulos
Atletas
Técnicos
Competições
Informação
Livros
Crônicas
Reportagens
Por onde anda?
Estatísticas
Gerais
Confrontos
Campanhas
Ranking CBF
Competições
Multimídia
Fotos
Áudios
Vídeos

» 1ª Página » Informação » Notícias » Jogos


BOAVISTA 1 x 1 BANGU

FICHA TÉCNICA - Súmula
Competição:
Copa Rio (1ª Fase - Grupo D - 7ª rodada)
Local:
Estádio Luso Brasileiro, na Ilha do Governador (RJ)
Data-Hora:
Sábado, 22/09/2012 - 15h
Renda:
R$ - (Não houve venda de ingressos)
Público:
- pagantes (Jogo realizado com portões abertos)
Árbitro:
Márcio de Almeida Rocha (RJ)
Auxiliares:
Renato da Silva e Silva (RJ) e Daniel da Silva Alexandre (RJ)
Luiz Guilherme; Pessanha, Arthur (Túlio), Jorge Fellipe e Romarinho; Pedroso, Júlio César, Bruno Moreno e Léo Faria (Silveira); Gilcimar e Juninho (André Paulista).
Técnico: Júlio Marinho.

Fernando Cunha; Celsinho (Luiz Otávio - 36'/2ºT), Raphael, Carlos Renan e Guilherme; Oliveira (Bruno Santos - 15'/2ºT), André Barreto, Cassiano (Fábio Saci - 35'/1ºT) e Eudes; Sérgio Júnior e Filipe Peixinho.
Técnico: Cleimar Rocha.

Carlos Renan (Bangu); Gilcimar (Boavista)
Bruno Moreno (Boavista)
Bangu 0 x 1: Léo Faria, aos 25min do 1º tempo
Bangu 1 x 1: Luiz Otávio, aos 42min do 2º tempo

. . . . . . . . . . . . . . .

Em jogo tenso, Boavista e Bangu empatam no Luso Brasileiro
Fonte: Vinicius Melandre (FutRio)

Depois de primeira etapa morna, partida tem final confuso e acaba mesmo 1 a 1

Boavista e Bangu empataram por 1 a 1 na tarde deste sábado (22), em jogo válido pela sétima rodada da Copa Rio. A partida ocorreu no Estádio Luso Brasileiro, casa do Boavista na competição. Com o empate, o time de Bacaxá se encontra praticamente eliminado da competição e Alvirrubro da Zona Oeste chegou a dez pontos e torcer para um empate entre América e Friburguense, que entram em campo no próximo domingo (23), para se manter na liderança do Grupo D.

A primeira etapa começou bastante morna, as chances eram escassas para ambos os lados. O primeiro lance de perigo foi acontecer apenas aos 15 minutos, quando Guilherme levou a bola ao fundo, cortou pra perna direita e cruzou, a bola foi na direção do gol e Luis Guilherme se esticou pra fazer a defesa. O Bangu estava melhor, mas não era efetivo, e parece que pecou por isso. Na primeira vez que o Boavista chegou perigosamente ao ataque, aos 24 minutos, Léo Faria arrancou, passou pelo zagueiro e bateu de fora da área, a bola entrou no ângulo direito do goleiro Fernando Cunha, 1 a 0 Boavista.

Parece que o gol animou as equipes, aos 33, após escanteio batido por Léo Faria, Gilcimar subiu pra cabecear sozinho, a bola passou raspando o travessão. Aos 43, o Bangu respondeu com um chute forte de André Barreto, a bola desviou na zaga e Luis Guilherme fez um bela defesa, jogando pra escanteio. Eudes cobrou o corner e Carlos Renan cabeceou pra defesa do goleiro do Boavista, e foi o último lance da primeira etapa.

As equipes voltaram pra segunda etapa com ânimo renovado, logo aos 2 minutos, o lateral Celsinho arriscou um chute forte de fora da área e Luis Guilherme fez a defesa sem dar rebote. Aos 11, Juninho driblou três marcadores banguenses e inverteu a bola pra chegada de Romarinho, que limpou pra direita e chutou forte pra defesa de Fernando Cunha. Mas não demorou muito e o jogo esfriou, o Bangu só foi chegar denovo aos 35, quando Eudes limpou o marcador e chutou, Luis Guilherme espalmou pra frente da área, mas Sérgio Junior dividiu com o zagueiro e fez a falta. Aos 36, Celsinho arriscou novamente de fora da área, a bola quicou em um morrinho e quase atrapalhou a defesa do goleiro da equipe de Saquarema.

Aos 40 minutos, Guilherme cruzou e o goleiro do Boavista saiu, socou a bola e trombou com o jogador do Bangu, o arbitro deixou o lance seguir e a bola sobrou nos pés de André Barreto na diagonal da área, o meia chutou cruzado e a bola ficou em um enorme bate e rebate dentro da área, até que Luis Otávio marcou o gol de empate. Após o gol, os jogadores do Boavista partiram pra cima do árbitro e armaram uma grande confusão, forçando o policiamento entrar em campo pra acalmar os ânimos. Quando a poeira abaixou, o árbitro expulsou Bruno Moreno e o jogo foi reiniciado, mas já não dava tempo pra muita coisa e a partida foi encerrada.

Na próxima rodada o Boavista enfrenta o Nova Iguaçu, na próxima quarta-feira (26), 15h, no Laranjão. O Bangu faz o clássico contra o América, também na quarta (26), às 15h, em Moça Bonita.


A partida
Boavista 1 X 1 Bangu – Copa Rio, 7ª Rodada do Grupo D – 22/09/2012

Estádio Luso Brasileiro (Rio de Janeiro-RJ)
Árbitro: Marcio de Almeida Rocha
Assistentes: Renato da Silva e Daniel da Silva Alexandre

Bangu: Fernando Cunha; Celsinho (Luiz Otávio), Raphael, Carlos Renan e Guilherme; Oliveira (Bruno Santos), Cassiano (Fábio Saci), André Barreto e Eudes; Sérgio Júnior e Filipe Peixinho. Técnico: Cleimar Rocha.

Boavista: Luiz Guilherme; Pessanha, Arthur (Túlio), Jorge Fellipe e Romarinho; Pedroso, Júlio César, Bruno Moreno e Léo Faria (Silveira); Gilcimar e Juninho (André Paulista). Técnico: Júlio Marinho.

Cartões amarelos: Gilcimar (Boavista); Carlos Renan (Bangu)
Cartões vermelhos: Bruno Moreno (Boavista)

Gols: Léo Faria 24'/1°T (1-0); Luiz Otávio 40'/2°T (1-1)

. . . . . . . . . . . . . . .

Verdão e Bangu empatam na Ilha
Fonte: Paulo Roberto Rodrigues (Papo Esportivo)

Com gol contestado Bangu empata frente ao Boavista

Em partida realizada na tarde deste sábado (22), no estádio Luso Brasileiro, na Ilha do Governador, Boavista e Bangu empataram em 1 a 1 pela segunda rodada do returno da fase classificatória da Copa Rio de Profissionais. Léo Faria (foto) marcou o gol do Verdão de Bacaxá e Luis Otávio fez o do time alvirrubro. O empate não alterou a posição das equipes no Grupo D. O time da Zona Oeste permanece na liderança isolada com dez pontos. Já a equipe da Região dos Lagos é o lanterna com apenas dois pontos.

Pela terceira rodada do turno os times voltam a campo na quarta-feira (26), às 15h. O Bangu recebe o América no estádio Proletário Guilherme da Silveira Filho, enquanto o Boavista vai até a Baixada Fluminense para enfrentar o Nova Iguaçu no estádio Jânio Moraes.

>> A partida - No confronto de opostos o líder Bangu começou melhor. Com mais volume de jogo o time da Zona Oeste tinha mais posse de bola e chegou pela primeira vez com perigo aos 15 minutos. Guilherme cruzou da esquerda e o atacante Sérgio Junior desviou para boa defesa do goleiro Luis Guilherme. Já o lanterna Boavista teve aproveitamento melhor e na primeira oportunidade abriu o marcador aos 25, com o meia Léo Faria acertando um bonito chute no ângulo do arqueiro Fernando Cunha. Atrás no placar o Bangu passou a errar tudo que tentava e o Verdão por pouco não aumentou aos 34, na cabeçada do atacante Gilcimar. A bola passou rente ao travessão. Antes do apito final do primeiro tempo o Bangu ainda teve a chance do empate. Aos 44 minutos, Eudes cruzou da direita, o zagueiro Carlos Renan cabeceou, o goleiro Luis Guilherme deu rebote, mas o ataque banguense cometeu falta na jogada.

No segundo tempo as equipes voltaram com propostas de jogo diferentes. Na frente do placar o Boavista atuava nos contra-ataques e logo aos oito minutos Juninho partiu pela direita e rolou para Romarinho. O lateral chutou forte para boa defesa do goleiro Fernando Cunha. O Bangu respondeu quatro minutos depois. Fábio Saci foi lançado nas contas da zaga alviverde, mas bateu cruzado longe da meta. Mesmo com o domínio, o time da Zona Oeste tinha dificuldades para ultrapassar o forte bloqueio defensivo e não ameaçava a meta de Luis Guilherme. Na base da pressão veio o gol de empate já no final. Após confusão na área do Boavista o atacante Luiz Otávio, na pequena área, mandou para o fundo da rede. Depois que o gol foi validado os jogadores do Boavista partiram para cima do árbitro Márcio de Almeida Rocha alegando que o goleiro Luis Guilherme sofreu falta no lance anterior à conclusão. Com os ânimos menos exaltados o juizão expulsou o volante Bruno Moreno, do Boavista. Nos minutos finais a partida esquentou e por pouco o time da Região dos Lagos não marcou o segundo. O goleiro Fernando Cunha defendeu os chutes de André Paulista e Pedroso, garantindo o 1 a 1 no marcador.


FICHA TÉCNICA
BOAVISTA 1 x 1 BANGU
Local: Estádio Luso Brasileiro, na Ilha do Governador
Data/Horário: 22/09/2012 - 15h
Árbitro: Márcio de Almeida Rocha.
Auxiliares: Renato da Silva e Silva e Daniel da Silva Alexandre.
Cartões amarelos: Gilcimar (Boa). Carlos Renan (Ban).
Cartão vermelho: Bruno Moreno (Boa).
>> Boavista: Luis Guilherme, Pessanha, Arthur (Túlio), Jorge Felipe e Romarinho; Pedroso, Bruno Moreno, Julio Cesar e Léo Faria (Silveira); Gilcimar e Juninho (André Paulista). Técnico: Julio Marinho.
>> Bangu: Fernando Cunha, Celsinho (Luiz Otávio), Raphael, Carlos Renan e Guilherme; Oliveira (Bruno Santos), André Barreto, Cassiano (Fábio Saci) e Eudes; Sérgio Junior e Filipe Peixinho. Técnico: Cleimar Rocha.

. . . . . . . . . . . . . . .

Video do jogo
 
 

Fotos do jogo
 
Foto: Vinicius Melandre
 
 
Foto: Paulo Roberto Rodrigues
 
Próximo ao grande círculo, Sérgio Junior domina a bola, marcado por Arthur
 
     
Livros
 
Estatísticas
 
Jogos 4.133
Vitórias 1.728
Empates 979
Derrotas 1.426
Gols Pró 7.305
Gols Contra 6.332
Saldo de Gols 973
Artilheiros
 
Ladislau 231
Moacir Bueno 203
Nívio 152
Menezes 137
Zizinho 125
Luís Carlos 119
Paulo Borges 109
Décio Esteves 98
Arturzinho 93
Marinho 83