Rio de Janeiro, sexta-feira, 24 de novembro de 2017 - 18h23min
Clube
História
Estádios
Símbolos
Presidentes
Futebol
Jogos
Títulos
Atletas
Técnicos
Competições
Informação
Livros
Crônicas
Reportagens
Por onde anda?
Estatísticas
Gerais
Confrontos
Campanhas
Ranking CBF
Competições
Multimídia
Fotos
Áudios
Vídeos

» 1ª Página » Informação » Notícias » Jogos


MADUREIRA 2 x 2 BANGU
(PÊNALTIS: MADUREIRA 4 x 5 BANGU)

FICHA TÉCNICA - Súmula
Competição:
Copa Rio (3ª Fase (Semifinal) - Grupo G - 2º jogo)
Local:
Estádio Aniceto Moscoso (Rua Conselheiro Galvão), em Madureira (RJ)
Data-Hora:
Sábado, 17/11/2012 - 15h30min (Horário Brasileiro de Verão)
Renda:
R$ 660,00
Público:
50 pagantes (150 presentes)
Árbitro:
Luis Antônio Silva Santos (RJ)
Auxiliares:
Gilberto Stina Pereira (RJ) e José Carlos Batista de Arruda (RJ)
Cléber; Patrick, Léo Fortunato, Zé Carlos e Zeca (Victor Silva); Gilson, Rodrigo Souza, Rodrigo Lindoso e Carlinhos (Jairo); Jean (Michel Santos) e Derlei.
Técnico: Luis Cláudio.

Thiago Leal; Celsinho, Raphael, Carlos Renan (Alex Lopes - 17'/2T) e Guilherme; Oliveira, André Barreto, Araruama, Wellington Júnior (Filipe Peixinho - 29'/2T) e Eudes (Bruno Santos - 35'/2T); Sérgio Júnior.
Técnico: Cleimar Rocha.

-
-
Bangu 1 x 0: Araruma, aos 9min do 1º tempo
Bangu 2 x 0: Araruma, aos 21min do 1º tempo

Bangu 2 x 1: Rodrigo Souza, aos 40min do 1º tempo
Bangu 2 x 2: Jean, aos 7min do 2º tempo
Pênaltis:

Bangu 1 x 0 Madureira (Celsinho)
Bangu 1 x 1 Madureira (Zé Carlos)
Bangu 2 x 1 Madureira (Oliveira)
Bangu 2 x 2 Madureira (Michel Santos)
Bangu 3 x 2 Madureira (Guilherme)
     Bangu 3 x 2 Madureira (Jairo)
     Bangu 3 x 2 Madureira (Bruno Santos)
Bangu 3 x 3 Madureira (Derlei)
Bangu 4 x 3 Madureira (Sérgio Junior)
Bangu 4 x 4 Madureira (Rodrigo Lindoso)
----------------------------------------------
Bangu 5 x 4 Madureira (André Barreto)

     Bangu 5 x 4 Madureira (Vitor Silva)

. . . . . . . . . . . . . . .

Bangu bate Madureira nos pênaltis e está na final da Copa Rio
Fonte: Vitor Costa (FutRio)

Após empate eletrizante no tempo normal, goleiro Thiago Leal brilha e faz defesa decisiva

Bangu e Madureira fizeram uma semifinal de Copa Rio em alto nível. Na tarde deste sábado (17), as equipes voltaram a empatar por 2 a 2 no jogo de volta e levaram a decisão para os pênaltis no Aniceto Moscoso. Aí, foi a vez de brilhar a estrela do goleiro Thiago Leal, que defendeu a última penalidade e levou seu time a final contra o Nova Iguaçu.

Assim como no jogo de ida, muita movimentação nos primeiros minutos. Porém, desta vez, o domínio foi todo do Bangu, que apostou num inspirado volante que se aventurou no ataque. Logo aos oito, Guilherme avançou pela esquerda e cruzou para Araruama, que apareceu de surpresa e, livre, só empurrou para as redes. Aos 22, foi a vez do outro lateral, Celsinho, cruzar para Araruama, sozinho, ampliar o marcador para a equipe banguense em Madureira.

Mesmo na frente do placar e com boa vantagem, o Bangu seguiu em cima e teve outra chance aos 28 minutos. Eudes fez grande lançamento para Guilherme que, da entrada da área, bateu de primeira e a bola passou rente ao travessão. Já o Madureira só foi assustar aos 30: Patrick cruzou para Rodrigo Souza que não completou o cabeceamento e perdeu a chance.

O técnico Luis Cláudio foi ousado e, ainda no primeiro tempo, aos 32 minutos, sacou Carlinhos e colocou Jairo. A alteração deu certo e o Madureira passou a tomar conta da partida. Aos 41, Rodrigo Lindoso cobrou falta de forma milimétrica na cabeça de seu xará, Rodrigo Souza, que diminuiu o placar.

Na etapa complementar, o que estava bom ficou ainda melhor. Com a pressão do Madureira, o jogo ficou mais corrido. Já o Bangu, com isso, tinha chances nos contra-ataques. Mal deu tempo para respirar e o Tricolor empatou o jogo. Aos sete, Rodrigo Lindoso cruzou da direita e Jean, de cabeça, deixou tudo igual.

O jogo ficou equilibrado, mas não perdeu em emoção em momento algum. Aos 10 minutos, Eudes recebeu passe de Wellington Júnior, invadiu a área e bateu forte, mas Cléber fez uma defesaça de manchete. Logo em seguita, Rodrigo Lindoso lançou Jairo que, da entrada da área, soltou a bomba e acertou o travessão.

Não dava nem tempo de gritar ‘uh’ que alguém já tinha uma chance. Aos 25, Guilherme fez grande jogada pelo lado esquerdo, invadiu a área e bateu cruzado acertando a trave. A bola ainda cruzou toda a extensão da pequena área em cima da linha e acabou saindo. Pouco depois, Rodrigo Lindoso cobrou escanteio, Léo Fortunato cabeceou e André Barreto salvou em cima da linha. No finzinho, aos 44, Bruno Santos bateu falta e Cléber espalmou para a linha de fundo. Sem acréscimos, Luis Antônio Silva Santos encerrou o jogo.

Nos pênaltis, os quatro primeiros converteram: Zé Carlos e Michel Santos para o Madureira e Celsinho e Oliveira para o Bangu. Porém, Jairo desperdiçou. Guilherme e Derlei concluíram, mas Bruno Santos acertou a trave. Rodrigo Lindoso e Sérgio Júnior concluíram. Nas alternadas, André Barreto fez o seu. Victor Silva bateu a penalidade e Thiago Leal defendeu, dando números finais a partida: Bangu 5, Madureira 4.

Agora, o Banguzão encara o Nova Iguaçu na final, com jogos quarta-feira (21) na Rua Bariri e sábado (24) no Laranjão, ambos às 16h. Por sua vez, o Madureira começa a pensar no Campeonato Carioca de 2013.


A partida
Madureira 2 (4) x (5) 2 Bangu – Copa Rio, semifinal, jogo de volta – 17/11/2012

Estádio Aniceto Moscoso (Rio de Janeiro-RJ)
Árbitro: Luis Antônio Silva Santos
Assistentes: Gilberto Stina Pereira e José Carlos Batista de Arruda

Madureira: Cléber; Patrick, Léo Fortunato, Zé Carlos e Zeca (Victor Silva); Gilson, Rodrigo Souza, Rodrigo Lindoso e Carlinhos (Jairo); Jean (Michel Santos) e Derlei. Técnico: Luis Cláudio.

Bangu: Thiago Leal; Celsinho, Raphael, Carlos Renan (Alex Lopes) e Guilherme; Oliveira, André Barreto, Araruama, Wellington Júnior (Peixinho) e Eudes (Bruno Santos); Sérgio Júnior. Técnico: Cleimar Rocha.

Cartões amarelos: nenhum

Gols: Araruama 8’/1ºT (0–1); Araruama 22’/1ºT (0–2); Rodrigo Souza 41’/1ºT (1–2); Jean 7’/2ºT (2–2)

Pênaltis
Madureira: Zé Carlos (O), Michel (O), Jairo (X), Derlei (O), Rodrigo Lindoso (O), Victor Silva (X)
Bangu: Celsinho (O), Oliveira (O), Guilherme (O), Bruno Santos (X), Sérbio Jr (O), André Barreto (O)

. . . . . . . . . . . . . . .

Bangu bate o Madura e está na final
Fonte: Fabio Menezes (Papo Esportivo)

Copa Rio: Banguzão vai decidir com o Nova Iguaçu

Num jogo emocionante o Bangu derrotou o Madureira por 5 a 4 nas cobranças de penalidades máximas após empate em 2 a 2 no tempo normal e garantiu vaga na decisão da Copa Rio de Profissionais.

Araruama, duas vezes, marcou os gols banguenses. Rodrigo Souza e Jean fizeram para o Tricolor Suburbano. A partida que foi realizada na tarde deste sábado (17) no estádio Aniceto Moscoso, na Rua Conselheiro Galvão, foi a segunda das semifinais da competição. Na de ida, no meio da semana, empate também em 2 a 2.

Já no outro grupo das semifinais o Nova Iguaçu conquistou a vaga de forma mais tranquila. A equipe laranja da Baixada Fluminense, após vencer o jogo de ida por 2 a 0, ganhou novamente do Resende, desta vez por 3 a 1, no estádio do Trabalhador, a casa do adversário.

As finais já têm datas e locais confirmados. O jogo de ida será na quarta-feira (21), às 16h, quando Bangu e Nova Iguaçu estarão jogando no estádio Mourão Filho, na Rua Bariri. A partida de volta será no próximo sábado (24), às 15h30, no estádio Jânio Moraes.


A partida

Em igualdade de condições na disputa por uma das vagas na decisão, Madureira e Bangu iniciaram o jogo com propostas distintas. Enquanto o Tricolor Suburbano colocou em campo um time ofensivo, a equipe da Zona Oeste apostou na cautela. E foi o time que se preocupou primeiro em se defender que abriu o marcador logo aos oito minutos. Guilherme cruzou da esquerda e o volante Araruama apareceu livre na área para mandar para o fundo da rede. O gol desestabilizou os donos da casa. Bem postado em campo e aproveitando os erros do Madureira, o time banguense marcou o segundo aos 23. Celsinho cruzou da direita e novamente Araruama, sozinho na área, bateu sem chances para o goleiro Cléber. Com 2 a 0 no placar o Bangu não dava espaço ao Tricolor Suburbano. Sem alternativa, o técnico Luis Claudio substituiu ainda na etapa inicial o meia Carlinhos colocando em seu lugar o atacante Jairo. Com mais um homem na frente o Madureira aumentou o ritmo e diminuiu aos 40. Rodrigo Lindoso cobrou falta na área. De cabeça, Rodrigo Souza colocou na rede, sem chances para Thiago Leal.

Animados com o gol no final do primeiro tempo o Madureira voltou com tudo para a etapa final e o empate não demorou a sair. Aos sete minutos Rodrigo Lindoso cruzou na medida para Jean testar para o fundo da rede. O gol deixou a partida em aberto. Os dois times procuravam a vitória. Aos onze o Bangu teve a chance de voltar a ficar na frente do marcador, mas o chute de Eudes foi em cima do goleiro Cléber. Cinco minutos depois o Tricolor Suburbano deu o troco. Jairo foi lançado e da entrada da área bateu forte com a bola explodindo no travessão. Mesmo com os dois times saindo em busca do gol, a vitória não veio e a disputa da vaga foi nas penalidades máximas.


Disputa gol a gol nos pênaltis; brilha a estrela de Thiago Leal

Assim como foi nos noventa minutos, a igualdade das duas equipes prevaleceu até a segunda série de cobranças quando Zé Carlos e Michel acertaram para o Madureira e Celsinho e Oliveira converteram para o Bangu. No início da terceira série o atacante Jairo desperdiçou a cobrança do Tricolor Suburbano e Guilherme fez para o alvirrubro. Na sequência, Derlei converteu e Bruno Santos desperdiçou deixando tudo igual. Depois, Rodrigo Lindoso e Sérgio Junior marcaram. Nas cobranças alternadas André Barreto colocou o Bangu na frente e aí brilhou a estrela do goleiro Thiago Legal, que defendeu o chute de Victor Silva e colocou o time da Zona Oeste na decisão da Copa Rio.


FICHA TÉCNICA

MADUREIRA 2 x 2 BANGU (NOS PÊNALTIS: BANGU 5 a 4)

Local: Estádio Aniceto Moscoso, em Madureira
Data/Horário: 17/11/2012 - 16h

Árbitro: Luis Antônio Silva Santos.
Auxiliares: Gilberto Stina Pereira e José Carlos Batista de Arruda.

>> Madureira: Cléber; Patrick, Léo Fortunato, Zé Carlos e Zeca (Victor Silva); Gilson, Rodrigo Souza, Rodrigo Lindoso e Carlinhos (Jairo); Derlei e Jean (Michel Santos). Técnico: Luis Cláudio.

>> Bangu: Thiago Leal; Celsinho, Raphael, Carlos Renan (Alex Lopes) e Guilherme; Oliveira, André Barreto, Araruama e Wellington Júnior (Peixinho); Eudes (Bruno Santos) e Sérgio Júnior. Técnico: Cleimar Rocha.

. . . . . . . . . . . . . . .

Video do jogo
 
 

Fotos do jogo
 
Foto: Fabio Menezes
 
(da esquerda para direita) Em pé: Fabrício Abreu (preparador físico), Oliveira, Thiago Leal, André Barreto, Raphael e Carlos Renan. Agachados: Guilherme, Eudes, Araruama, Celsinho, Wellington Júnior e Sérgio Junior.
 
Foto: Carlos Júnior/FutRio
 
Partida foi muito equilibrada
 
Foto: Fabio Menezes
 
 
Foto: Paulo Pereira
 
Celsinho inicia a série de cobranças e marca.
 
Foto: Paulo Pereira
 
Sérgio Junior, artilheiro do Bangu em 2012, também converte
 
Foto: Carlos Júnior/FutRio
 
Thiago Leal defendeu o pênalti
 
Foto: Fabio Menezes
 
 
Foto: João Carlos Gomes/ Agência Bangu
 
Thiago Leal recebe o abraço do massagista banguense Fredes Ignácio
 
Foto: Carlos Júnior/FutRio
 
Bangu venceu nos pênaltis
 
Foto: João Carlos Gomes/ Agência Bangu
 
Jogadores comemoram a conquista da vaga para a final
 
Foto: Paulo Pereira
 
Carlos Renan, um dos líderes da equipe, agradece pela vitória
 
Foto: Paulo Pereira
 
A alegria de todos pela presença na final da Copa Rio
 
     
Livros
 
Estatísticas
 
Jogos 4.116
Vitórias 1.713
Empates 980
Derrotas 1.423
Gols Pró 7.267
Gols Contra 6.306
Saldo de Gols 961
Artilheiros
 
Ladislau 229
Moacir Bueno 202
Nívio 152
Menezes 138
Zizinho 124
Luís Carlos 119
Paulo Borges 109
Décio Esteves 97
Arturzinho 93
Marinho 83