Rio de Janeiro, sexta-feira, 22 de setembro de 2017 - 12h10min
Clube
História
Estádios
Símbolos
Presidentes
Futebol
Jogos
Títulos
Atletas
Técnicos
Competições
Informação
Livros
Crônicas
Reportagens
Por onde anda?
Estatísticas
Gerais
Confrontos
Campanhas
Ranking CBF
Competições
Multimídia
Fotos
Áudios
Vídeos

» 1ª Página » Informação » Notícias » Jogos
NOVA IGUAÇU 2 x 0 BANGU
Informação - FICHA TÉCNICA - Súmula
Competição:
Campeonato Estadual (Quadrangular da Taça Guanabara - Semifinal)
Local:
Estádio Jânio Moraes (Laranjão), em Nova Iguaçu (RJ)
Data-Hora:
Quarta-feira, 01/03/2017 - 15h30
Renda:
R$ 3.800,00
Público:
300 pagantes (348 presentes)
Árbitro:
Rejane Caetano da Silva (RJ)
Auxiliares:
Andréa Izaura Maffra Marcelino de Sá (RJ) e Carine Belmont Nascimento de Moraes (RJ)
Felipe; Vinicius Matheus (Caio Cezar, 32'/2ºT), Simões, Murilo Henrique, Crispin; Iuri Pimentel (Alex Souza, 20'/2ºT), Anderson, Wescley; Marlon, Patrick e Adriano.
Técnico: Edson Souza
Márcio; Daniel, Leonardo Luiz (Rodrigo Costa, 31'/2ºT), Walker e Guilherme; Thiaguinho, Washinton Tomaz (Bruno Bêra, 20'/2ºT), Raphael Augusto e Leandro Chaves; Peralta (Matheus Pimenta, intervalo) e Loco Abreu.
Técnico: Arturzinho
Iuri Pimentel (Nova Iguaçu); Leonardo Luiz (Bangu)
-
Bangu 0 x 1: Marlon, aos 32min do 1º tempo
Bangu 0 x 2: Adriano, aos 39min do 1º tempo
. . . . . . . . . . . . . . .
Nova Iguaçu supera o Bangu e garante vaga na final do Quadrangular Extra
Fonte: Igor Dorilêo (FutRio)
Equipe da Baixada Fluminense liquidou fatura com gols na etapa inicial

Nova Iguaçu e Bangu se enfrentaram nesta quarta-feira (1º), numa tarde de sol forte, onde os termômetros na Baixada chegavam a marcar 42° graus. A partida foi válida pela semifinal do Quadrangular Extra da Taça Guanabara, ou "torneio consolação", como tem sido chamado. Jogando no Estádio Laranjão, o time da casa levou a melhor e venceu por 2 a 0, com gols marcados por Marlon e Adriano ainda na primeira etapa.

Com isso, a Laranja da Baixada aguarda o vencedor de Volta Redonda e Boavista, que fazem a outra semifinal do torneio, ainda nesta quarta, às 19h, para saber quem vai enfrentar na final do Quadrangular. Já o Alvirrubro volta a campo só na primeira rodada da Taça Rio, para enfrentar justamente o Nova Iguaçu, em 11 ou 12 de março.


Gols só na etapa inicial

A primeira etapa foi dominada pelo time da casa. Logo aos seis minutos, o Nova Iguaçu assustou com Patrick, que girou dentro da área e bateu forte para defesa de Márcio. Aos 17, Patrick chegou mais uma vez. Ele finalizou tirando do goleiro, e quando a bola ia entrando, Leonardo Luiz correu para tirar a bola já em cima da linha.

O time comandado por Arturzinho pouco chegava ao ataque. E numa dessas escassas chances, começou a se desenhar o primeiro gol da Laranja da Baixada. Após escanteio mal cobrado, o Nova Iguaçu saiu em contra-ataque e Adriano tocou para Marlon, dentro da área, bater no canto direito de Márcio para abrir o placar.

Aos 37, talvez a melhor chance do Alvirrubro na primeira etapa. Guilherme cruzou buscando Loco Abreu, Felipe socou a bola para a entrada da área e ela foi parar nos pés de Leandro Chaves, que tentou tocar por cobertura, mandando por cima. Dois minutos depois, Peralta errou inversão de jogo no meio-campo, a bola ficou para o Nova Iguaçu e Wesley levou na linha de fundo para servir a Adriano. O camisa nove só empurrou, dentro da pequena área, para fazer o segundo.


Alvirrubro tenta reação, mas não muda placar

No segundo tempo o Bangu voltou melhor e pressionando o time da casa. Aos sete minutos, Leandro Chaves cruzou e Loco Abreu cabeceou à esquerda do gol de Felipe. Dois minutos depois, em mais um cruzamento de Leandro Chaves, foi a vez de Washinton testar forte para Felipe fazer grande defesa.

A primeira chegada do Nova Iguaçu na etapa complementar foi apenas aos 12 minutos, quando Marlon invadiu a área pelo lado direito e bateu cruzado. O goleiro Márcio só olhou a redonda passar rente a sua trave esquerda. Mas a grande arma do Alvirrubro parecia mesmo ser o jogo aéreo. Aos 18, Guilherme cruzou na cabeça de Loco Abreu, que sozinho, deu um peixinho à direita da meta defendida por Felipe.

Depois disso, as duas equipes começaram a demonstrar um certo cansaço e o Bangu diminuiu sua pressão. Já na reta final, o Nova Iguaçu ainda teve duas chances cara a cara com Márcio, mas Wescley e Alex Souza desperdiçaram a chance de transformar o resultado em goleada.

. . . . . . . . . . . . . . .

Video do jogo
 
 

Fotos do jogo
 
Foto: Bernardo Gleizer (NIFC)
 
 
Foto: Bernardo Gleizer (NIFC)
 
 
Foto: Bernardo Gleizer (NIFC)
 
 
Foto: Bernardo Gleizer (NIFC)
 
 
Foto: Bernardo Gleizer (NIFC)
 
 
Foto: Bernardo Gleizer (NIFC)
 
 
Foto: Bernardo Gleizer (NIFC)
 
 
Foto: Bernardo Gleizer (NIFC)
 
 
Foto: Bernardo Gleizer (NIFC)
 
 
Foto: Bernardo Gleizer (NIFC)
 
     
Livros
 
Estatísticas
 
Jogos 4.133
Vitórias 1.728
Empates 979
Derrotas 1.426
Gols Pró 7.305
Gols Contra 6.332
Saldo de Gols 973
Artilheiros
 
Ladislau 231
Moacir Bueno 203
Nívio 152
Menezes 137
Zizinho 125
Luís Carlos 119
Paulo Borges 109
Décio Esteves 98
Arturzinho 93
Marinho 83