Rio de Janeiro, segunda-feira, 26 de junho de 2017 - 03h54min
Clube
História
Estádios
Símbolos
Presidentes
Futebol
Jogos
Títulos
Atletas
Técnicos
Competições
Informação
Livros
Crônicas
Reportagens
Por onde anda?
Estatísticas
Gerais
Confrontos
Campanhas
Ranking CBF
Competições
Multimídia
Fotos
Áudios
Vídeos

» 1ª Página » Informação » Notícias » Jogos
FLAMENGO 3 x 0 BANGU
Informação - FICHA TÉCNICA - Súmula
Competição:
Campeonato Estadual (Taça Rio - 3ª rodada)
Local:
Estádio Municipal Sylvio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ)
Data-Hora:
Quarta-feira, 22/03/2017 - 21h45
Renda:
R$ 27.440,00
Público:
1.237 pagantes (1.830 presentes)
Árbitro:
Elton Azevedo  (RJ)
Auxiliares:
Luiz Antonio Muniz de Oliveira (RJ) e Marcio Moreira de Queiroz (RJ)
Alex Muralha; Pará, Réver, Rafael Vaz e Renê; Márcio Araujo, Willian Arão e Lucas Paquetá (Leandro Damião 11'/2ºT) ; Mancuello (Berrío 11'2ºT), Éverton e Felipe Vizeu (Matheus Sávio 31'/2ºT).
Técnico: Zé Ricardo.
Márcio; João Guilherme, Anderson Penna e Rafael Henriques; Daniel, Damian Eroza (Leandro Chaves 35'/2ºT), Bruno Bêra, Raphael Augusto (Matheus Pimenta 39'/2ºT), Washinton (Bruno Luiz - intervalo) e Guilherme; Loco Abreu.
Técnico: Roberto Fernandes.
Damian Eroza  (Bangu)
-
Bangu 0 x 1: Renê, aos 28min do 2º tempo
Bangu 0 x 2: Leandro Damião, aos 39min do 2º tempo
Bangu 0 x 3: Matheus Sávio, aos 43min do 2º tempo
. . . . . . . . . . . . . . .
Flamengo vence o Bangu e garante vaga nas semifinais do Campeonato Carioca
Fonte: Redação FutRio
Alvirrubro segurou o placar até metade do segundo tempo, mas não resistiu

O Flamengo bateu o Bangu por 3 a 0, na noite desta quarta-feira (22), e confirmou a classificação para as semifinais do Campeonato Carioca. O duelo foi realizado no Estádio Raulino de Oliveira, com as equipes tendo propostas de jogo opostas, mas com o rubro-negro levando a melhor. Os gols foram marcados por Renê, Leandro Damião e Matheus Sávio.

Sem poder ser ultrapassado pelos demais times na classificação geral - com exceção ao Fluminense, que já está garantido nas semifinais do Carioca por ter vencido a Taça Rio -, o Flamengo agora volta as atenções para o clássico de domingo contra o Vasco, em Brasília. Já o Bangu segue na luta para fugir da zona que leva à fase preliminar da edição de 2018 da competição.


Bangu arma retranca e dificulta vida do ataque do Flamengo

A proposta de jogo do Bangu foi explícita desde o momento da divulgação da escalação. Roberto Fernandes armou uma equipe extremamente defensiva com o intuito de bloquear as ações do ataque rubro-negro. Por sua vez, o setor ofensivo do Flamengo não foi inoperante, mas encontrou dificuldades para entrar na área adversária e os chutes de longa distância viraram a melhor alternativa.

Sempre de longe, Mancuello tentou duas vezes, parando uma em Márcio e finalizando a outra para fora. Márcio Araujo também tentou surpreender o arqueiro adversário, mas parou na boa defesa do camisa 1. Com a exceção de Loco Abreu, todos os jogadores do Bangu se posicionavam atrás da linha da bola e aguardavam o Fla, que só entrou após passes rápidos. Na melhor oportunidade, Willian Arão, da linha da pequena área, parou no goleiro.

Se por um lado o Bangu se defendia bem dentro das possibilidades, com a bola nos pés a equipe foi praticamente inoperante no primeiro tempo. As melhores investidas foram construídas por Guilherme, pela esquerda. De um modo geral, as jogadas se restringiam aos lançamentos buscando Loco Abreu, sempre aguardando os passes dentro da área. No entanto, o uruguaio mal tocou na bola.


Pressão continua no segundo tempo e Fla garante vaga nas semifinais

Aos poucos o Bangu começou a se expor no segundo tempo e o Flamengo logo viu a chance de aproveitar os espaços. No entanto, assim como no primeiro tempo, as investidas rubro-negras não tinham o endereço certo ou paravam nas mãos de Márcio. Tal cenário durou até os 26 minutos, quando Renê, em um chute potente de fora da área, conseguiu vencer o arqueriro alvirrubro fazendo o primeiro gol da noite.

O tento marcado foi o sinal verde para o ataque do Flamengo persistir, já que, por precisar do resultado, a equipe do Bangu abriu mão da retranca inicial e tentou ir ao ataque. Bruno Luiz, de dentro da pequena área, ainda desperdiçou uma boa chance ainda quando o duelo estava sem gols, na melhor chance do time visitante. Por fim, a pressão rubro-negra persistiu e serviu para ampliar o placar.

Após cruzamento de Pará, aos 39 minutos, Leandro Damião se antecipou ao goleiro Márcio e cabeceou para o gol vazio, fazendo o segundo do Flamengo. O clima tinha um misto de comemoração e conformidade por parte dos rubro-negros quando Éverton avançou pela ponta esquerda e passou para Matheus Sávio fazer o terceiro, aos 42 do segundo tempo e sacramentar a classificação para a próxima fase.

. . . . . . . . . . . . . . .

Video do jogo
 
 

Fotos do jogo
 
Foto: Gilvan de Souza (Flamengo)
 
 
Foto: Gilvan de Souza (Flamengo)
 
 
Foto: Gilvan de Souza (Flamengo)
 
 
Foto: Gilvan de Souza (Flamengo)
 
 
Foto: Gilvan de Souza (Flamengo)
 
 
Foto: Gilvan de Souza (Flamengo)
 
 
Foto: Gilvan de Souza (Flamengo)
 
 
Foto: Gilvan de Souza (Flamengo)
 
 
Foto: Gilvan de Souza (Flamengo)
 
 
Foto: Gilvan de Souza (Flamengo)
 
     
Livros
 
Estatísticas 2017
 
Jogos 18
Vitórias 4
Empates 5
Derrotas 9
Gols Pró 16
Gols Contra 30
Saldo de Gols -14
Aproveitamento 31%
Artilheiros 2017
 
Loco Abreu 3
Raphael Augusto 3
Rogerinho 2
Leandro Chaves 1
João Guilherme 1
Guilherme 1
Carlinhos 1
Anderson Penna 1
Hygor Guimarães 1
Daniel Bueno 1
Marlon 1