Rio de Janeiro, sábado, 19 de agosto de 2017 - 06h21min
Clube
História
Estádios
Símbolos
Presidentes
Futebol
Jogos
Títulos
Atletas
Técnicos
Competições
Informação
Livros
Crônicas
Reportagens
Por onde anda?
Estatísticas
Gerais
Confrontos
Campanhas
Ranking CBF
Competições
Multimídia
Fotos
Áudios
Vídeos

» 1ª Página » Informação » Notícias » Jogos
MADUREIRA 3 x 1 BANGU
Informação - FICHA TÉCNICA - Súmula
Competição:
Campeonato Estadual (Taça Rio - 6ª rodada)
Local:
Estádio Aniceto Moscoso (Rua Conselheiro Galvão), em Madureira (RJ)
Data-Hora:
Domingo, 02/04/2017 - 16h
Renda:
R$ 3.610,00
Público:
318 pagantes (418 presentes)
Árbitro:
Mauricio Machado Coelho Junior (RJ)
Auxiliares:
Diego Luiz Couto Barcelos (RJ) e João Luiz Coelho de Albuquerque (RJ)
Rafael; Diego Guerra, Alex Moraes, Jorge Fellipe e Douglas Lima; Leandro Carvalho, Rezende, William (Wanderson, intervalo) e Keven (Luciano, 10'/2ºT); Julio Cesar e Souza (Maza, 45'/2ºT).
Técnico: PC Gusmão.
André Regly; Leonardo Luiz, Rafael Henriques (Carlinhos, intervalo) e Anderson Penna; Thiaguinho (Matheus Pimenta, 34'/2ºT), Bruno Bêra, Mauro Silva (Felipe Augusto, 29'/1ºT), Leandro Chaves, Raphael Augusto e Guilherme; Bruno Luiz.
Técnico: Roberto Fernandes.
Jorge Fellipe, Douglas Lima, Wanderson e Alex Moraes (Madureira)
-
Bangu 0 x 1: William, aos 15min do 1º tempo
Bangu 1 x 1: Anderson Penna, aos 2min do 2º tempo
Bangu 1 x 2: Julio Cesar, aos 25min do 2º tempo
Bangu 1 x 3: Souza, aos 44min do 2º tempo
. . . . . . . . . . . . . . .
Madureira encerra jejum, vence Bangu e se garante na Série D em 2018
Fonte: Redação FutRio
Alvirrubro, mesmo com derrota, escapa da seletiva do Carioca no próximo ano

Depois de longa espera - oito jogos para ser mais preciso - o Madureira voltou a vencer no Campeonato Carioca. Em sua despedida da competição, na última rodada da Taça Rio, o Tricolor Suburbano derrotou o Bangu por 3 a 1, no Estádio Aniceto Moscoso, na tarde deste domingo (2). O resultado serviu para garantir a equipe na Série D do Brasileiro em 2018, junto do Nova Iguaçu, que havia conquistado a vaga na jornada anterior.

Os gols do Madura foram anotados por William, ainda no primeiro tempo, e os veteranos Julio Cesar e Souza - este segundo fez sua despedida do clube. Já o Bangu descontou com Anderson Penna. Na classificação geral, o time de PC Gusmão ficou na sexta colocação, com 15 pontos. O Bangu, por sua vez, fechou a campanha em 10º lugar, escapando da seletiva da Série A na próxima temporada.

Levando em conta apenas a pontuação do segundo turno, o time da Conselheiro Galvão ficou em quinto no Grupo B, enquanto o Bangu foi o lanterna da Chave C. Ambos sequer participam do Quadrangular Extra, espécie de torneio de consolação para os eliminados. Em maio o time da Zona Oeste volta a campo para a disputa da Série D do Brasileiro. Já o Madureira espera o mês de julho, quando começa a Copa Rio.


Donos da casa saem na frente

O Madureira demonstrou logo no início da partida quem iria tomar conta das ações no primeiro tempo. Souza, aos quatro minutos, balançou as redes de cabeça, mas o árbitro Mauricio Machado Coelho Junior assinalou impedimento. Aos 15, não teve jeito. William aproveitou cruzamento na área e abriu a contagem para os donos da casa: 1 a 0.

O Tricolor Suburbano apresentava mais chances de ampliar a contagem, enquanto o Bangu, com apenas um atacante, pouco incomodava. Ainda no primeiro tempo, Roberto Fernandes colocou mais um homem de frente: Felipe Augusto substituiu o volante Mauro Silva. Mesmo assim, o Alvirrubro não conseguiu igualar a contagem. Bruno Luiz teve bom momento, mas não aproveitou. Keven, pelos donos da casa, também passou perto de balançar as redes.


Alvirrubro escapa de "rebaixamento" graças ao Botafogo

Na volta do intervalo o Bangu nem deu tempo para maiores análise. Anderson Penna, aos dois minutos, marcou de cabeça após escanteio bem executado por Guilherme, deixando tudo igual. A essa altura, o Bangu ia escapando da seletiva. E Leandro Chaves ainda bateu uma falta no travessão, quase virando em seguida.

Recomposto do susto, o Madureira tomou a frente do marcador mais uma vez. Dessa vez com Julio Cesar, aos 25 minutos, de cabeça, após cruzamento da esquerda. Gol que ia colocando o Tricolor na Série D do Brasileiro e levando o Bangu para a seletiva em 2018, já que o Resende conseguia empatar com o Botafogo, no Nilton Santos.

Tentando o empate a todo custo, o Alvirrubro acabou vendo o Madura ampliar a contagem em resposta letal. Souza, aos 43, deu números finais ao confronto após assistência de Wanderson: 3 a 1. E o Bangu só não caiu para a fase preliminar de 2018 porque o Botafogo bateu o Resende por 3 a 2. No fim das contas, ambos saíram felizes. O Alvirrubro se mantém no grupo de elite do Carioca, enquanto o Madureira volta a uma disputa nacional no próximo ano.

. . . . . . . . . . . . . . .

Video do jogo
 
 

Fotos do jogo
 
Foto: Emerson Pereira (BAC)
 
 
Foto: Emerson Pereira (BAC)
 
     
Livros
 
Estatísticas 2017
 
Jogos 21
Vitórias 5
Empates 6
Derrotas 10
Gols Pró 19
Gols Contra 34
Saldo de Gols -15
Aproveitamento 33%
Artilheiros 2017
 
Loco Abreu 3
Raphael Augusto 3
Rogerinho 2
Bruno Luiz 2
Leandro Chaves 1
João Guilherme 1
Guilherme 1
Carlinhos 1
Anderson Penna 1
Hygor Guimarães 1
Daniel Bueno 1
Marlon 1
Mauro Silva 1