Rio de Janeiro, sábado, 21 de outubro de 2017 - 19h00min
Clube
História
Estádios
Símbolos
Presidentes
Futebol
Jogos
Títulos
Atletas
Técnicos
Competições
Informação
Livros
Crônicas
Reportagens
Por onde anda?
Estatísticas
Gerais
Confrontos
Campanhas
Ranking CBF
Competições
Multimídia
Fotos
Áudios
Vídeos

» 1ª Página » Informação » Notícias » Jogos
BANGU 0 x 1 DESPORTIVA FERROVIÁRIA-ES
FICHA TÉCNICA - Súmula - Boletim financeiro
Competição:
Campeonato Brasileiro Série D (1ª Fase - Grupo A13 - 3ª rodada)
Local:
Estádio Proletário Guilherme da Silveira Filho (Moça Bonita), em Bangu (RJ)
Data-Hora:
Domingo, 04/06/2017 - 15h
Renda:
R$ 20.890,00
Público:
1.544 pagantes (1.744 presentes)
Árbitro:
Paulo Sergio Santos Moreira (MA)
Auxiliares:
Diogo Carvalho Silva (RJ) e Gabriel Conti Viana (RJ)
Jefferson; Hudson, Cleidson, Walter e Guilherme (Leonardo Jesus, 35'/1ºT); William, Hygor Guimarães e Luciano Naninho (Marlon, 30'/2ºT); Léo Bahia, Daniel Bueno e Danielzinho (Almir, 22'/2ºT).
Técnico: Roberto Fernandes.
Felipe; Sorriso, Rafael Olioza, Rodrigo Lacraia e Erick; Bruno Caetano, Thiago e Zizu; Paulo Vitor (Teco, 18'/2ºT), Marco Morgon (João Vitor, 36'/2ºT) e Madison (Weldon, 7'/2ºT).
Técnico: Rafael Soriano.
Cleidson, Luciano, William e Hudon (Bangu); Felipe Higo e Weldon  (Desportiva Ferroviária)
-
Bangu 0 x 1: Higor Guimarães (contra), aos 46min do 2º tempo
. . . . . . . . . . . . . . .
Bangu leva gol no fim e perde em Moça Bonita para a Desportiva (ES): 1 a 0
Fonte: Redação FutRio
Hygor faz contra, mas time se mantém na primeira colocação do Grupo A13 da Série D

O Bangu conheceu a primeira derrota na Série D do Brasileirão. O time Alvirrubro perdeu para a Desportiva (ES), na tarde deste domingo (4), pelo placar mínimo, no Estádio de Moça Bonita. O gol capixaba saiu no último minuto, com Hygor, marcando contra. O resultado mantém o Alvirrubro na ponta do Grupo A13 da competição nacional. A partida marcou o retorno de Almir, depois de um ano lesionado.

Numa tarde de céu aberto e tempo bom em Moça Bonita, o Bangu encontrou uma Desportiva bem montada na defesa desde o começo do jogo. Os capixabas tentavam as jogadas pelo meio, mas também não tinham sucesso. O primeiro lance de algum perigo foi até por acaso, quando Paulo Vitor deu um toque de cabeça fora da área e a bola quase encobriu a baliza do goleiro banguense Jefferson.

A resposta veio na sequência, num erro da saída de bola da Tiva. Guilherme tomou a bola de Sorriso e tentou um cruzamento, mas a bola quase tomou o caminho do gol, saindo limpa pela linha de fundo. A partida ficou bastante amarrada a partir daí e lances de perigo eram muitos raros. O momento de maior tensão foi a lesão de Guilherme, do Bangu, que torceu o tornozelo e teve que dar lugar a Leonardo Jesus.

No fim do primeiro tempo, o Bangu melhorou um pouco. Já com mais posse de bola, o time da casa aproveitou mais um erro dos capixabas. Após um balão dado pela zaga, a bola quicou duas vezes perto da zaga da Tiva, que errou e Danielzinho aproveitou, passando por trás para tentar o chute, que saiu mascado pela linha de fundo. A Desportiva ameaçou no finzinho, quando Sorriso cruzou e Madison cabeceou por cima.

Na segunda etapa, o jogo parecia que iria melhorar quando o Bangu avançou e criou perigo logo cedo. Num escanteio batido da direita, Léo Bahia tocou de cabeça na segunda trave e procurou Daniel Bueno, que também se esticou para tentar a cabeçada, mas a bola saiu por cima do gol. Logo depois, a Desportiva respondeu, quando Thiago saiu sozinho no mano a mano e chutou, mas Jefferson fez grande defesa.

A promessa de jogo melhor no segundo tempo ficou só nisso mesmo. Mas o torcedor do bangu teve motivos para se empolgar aos 22 minutos, quando Almir entrou em campo no lugar de Danielzinho. Mais de um ano depois de sua última partida pelo Bangu, o camisa 10 entrou em campo sob grande aplauso da torcida e tinha a missão de levar o time a ter mais consistência no ataque. O time melhorou ligeiramente, mas ainda sem força suficiente para levar perigo a Felipe.

A Desportiva começou a gostar do jogo e, quando o duelo se encaminhava para o final e o Bangu pressionava em busca do gol, veio o lance que decidiu o encontro. Após um contra-ataque da Tiva, Weldon apareceu pelo meio da defesa banguense e colocou a bola na frente; Hygor tentou fazer o rechaço na direção da linha de fundo mas, pressionado, chutou mal e a bola acabou entrando no canto esquerdo de Jefferson: gol contra e grande frustração do torcedor banguense. Festa capixaba, Desportiva 1 a 0.

. . . . . . . . . . . . . . .

Video do jogo
 
 

Fotos do jogo
 
Foto: Emerson Pereira (BAC)
 
 
Foto: Emerson Pereira (BAC)
 
 
Foto: Emerson Pereira (BAC)
 
 
Foto: Emerson Pereira (BAC)
 
 
Foto: Emerson Pereira (BAC)
 
 
Foto: Emerson Pereira (BAC)
 
 
     
Livros
 
Estatísticas
 
Jogos 4.133
Vitórias 1.728
Empates 979
Derrotas 1.426
Gols Pró 7.305
Gols Contra 6.332
Saldo de Gols 973
Artilheiros
 
Ladislau 231
Moacir Bueno 203
Nívio 152
Menezes 137
Zizinho 125
Luís Carlos 119
Paulo Borges 109
Décio Esteves 98
Arturzinho 93
Marinho 83