Rio de Janeiro, quinta-feira, 20 de julho de 2017 - 13h23min
Clube
História
Estádios
Símbolos
Presidentes
Futebol
Jogos
Títulos
Atletas
Técnicos
Competições
Informação
Livros
Crônicas
Reportagens
Por onde anda?
Estatísticas
Gerais
Confrontos
Campanhas
Ranking CBF
Competições
Multimídia
Fotos
Áudios
Vídeos

» 1ª Página » Informa��o » Por onde anda?
JOSÉ CLEBER , ex-preparador físico do Bangu
02/03/08
 

Ele preparava a máquina dos anos 80

Um otimista. Um vencedor. Adjetivos que podem classificar o antigo e conhecido preparador físico do Bangu dos anos 80, José Cléber. Na época, um garotão de 27 anos, hoje já cinqüentão treinando do Al-Jahra, do Kuwait.

Mas o que diferenciava Cléber de outros tantos preparadores que passaram por Moça Bonita é que ele, realmente, era banguense. Aliás, como não ser, se Cléber estava ali dentro vivendo dia a dia as glórias e os dramas dos timaços dos anos 80.

Antes de chegar ao Bangu, em 1984, Cléber trabalhou no Madureira, no Bonsucesso e no Americano. Começava assim, uma carreira de cinco anos, no clube vermelho e branco. Como preparador, Cléber fez muitas amizades e faz questão de listar os nomes de cada um de seus atletas. Toinho, Gilmar, Júlio Galvão, Gilson Paulino, Rosemiro, Márcio Nunes, Oliveira, Fernandes, Baby, Israel, Mário, Arturzinho, Marinho, Cláudio Adão, Toby, Pingo, Lulinha, Gilson Gênio, Gilson fazem parte da listagem que Cléber recitou.

Obviamente, relembrando o passado é inevitável falar das finais de 1985. Onde segundo ele, “tivemos falta de sorte contra o Coritiba e fomos garfados pela arbitragem do Wright contra o Flu”. Um tempo bom – “o melhor que vivi em Moça Bonita”, faz questão de dizer. Mas, como bom banguense, para Cléber o clube é “um vulcão em repouso, que tem tudo para entrar em erupção”.

Otimismo, esperança, mesmo no Kuwait, Cléber acompanha a má fase do clube, e torço muito “para ver ressurgir o nosso Bangu, para resgatar seu prestígio e suas glórias” – comenta o preparador, sem ter idéia de que qualquer time do Kuwait ganharia fácil dos reservas do Madureira que o alvirrubro anda usando...

Carlos Molinari
Pesquisador da história do Bangu Atlético Clube.
     
Livros
 
Estatísticas 2017
 
Jogos 20
Vitórias 5
Empates 6
Derrotas 9
Gols Pró 19
Gols Contra 32
Saldo de Gols -13
Aproveitamento 35%
Artilheiros 2017
 
Loco Abreu 3
Raphael Augusto 3
Rogerinho 2
Bruno Luiz 2
Leandro Chaves 1
João Guilherme 1
Guilherme 1
Carlinhos 1
Anderson Penna 1
Hygor Guimarães 1
Daniel Bueno 1
Marlon 1
Mauro Silva 1