Rio de Janeiro, domingo, 28 de maio de 2017 - 07h24min
Clube
História
Estádios
Símbolos
Presidentes
Futebol
Jogos
Títulos
Atletas
Técnicos
Competições
Informação
Livros
Crônicas
Reportagens
Por onde anda?
Estatísticas
Gerais
Confrontos
Campanhas
Ranking CBF
Competições
Multimídia
Fotos
Áudios
Vídeos

» 1ª Página » Informa��o » Por onde anda?
JORGE VIEIRA, ex-técnico do Bangu
24/03/08
 

Cinco meses no comando

Em 1983, o Bangu confiava em Jorge Vieira para classificar o time na Taça de Prata

Foram apenas 18 jogos no comando do Bangu, com 8 vitórias, 5 empates e 5 derrotas, meros cinco meses trabalhando em Moça Bonita, mas o técnico Jorge Vieira é, de qualquer forma, um nome marcante. Quando chegou ao clube, em janeiro de 1983, o treinador, na época com 49 anos, tinha pela frente o desafio de classificar o alvirrubro da Taça de Prata para a Taça de Ouro, ou seja, leva-lo da segunda para a primeira divisão do Brasileirão na mesma temporada.

Entretanto, com um elenco formado por grandes craques como Arturzinho, Mário, Ado, Luisão, Marinho e Rubens Feijão, o Bangu conseguiu chegar apenas à segunda fase da Taça de Prata, sendo eliminado após resultados pífios frente o Londrina (0 x 1) e o Botafogo/SP (1 x 1).

Jorge Vieira ainda resistiu no cargo após a eliminação precoce, mas logo foi chamado para treinar o Corinthians, no mês de maio, e deixou o clube de Moça Bonita nas mãos de Moisés, que nunca tinha sido técnico de uma equipe profissional.

Do Bangu, Jorge Vieira guarda saudades da camaradagem e a cordialidade dos jogadores e principalmente do patrono Castor de Andrade que “nada deixava faltar ao clube”. Hoje, o veterano treinador coordena o futebol do América, após passagens vitoriosas por inúmeros clubes, incluindo uma inédita classificação do Iraque para a Copa do Mundo do México, em 1986.

Sobre o atual momento do Bangu, Jorge Vieira acha lastimável, “pois sequer se ouve mais falar do clube”.

Carlos Molinari
Pesquisador da história do Bangu Atlético Clube.
     
Livros
 
Estatísticas 2017
 
Jogos 14
Vitórias 4
Empates 3
Derrotas 7
Gols Pró 13
Gols Contra 23
Saldo de Gols -10
Aproveitamento 36%
Artilheiros 2017
 
Loco Abreu 3
Raphael Augusto 3
Leandro Chaves 1
João Guilherme 1
Guilherme 1
Carlinhos 1
Anderson Penna 1
Hygor Guimarães 1
Daniel Bueno 1