Rio de Janeiro, sexta-feira, 26 de maio de 2017 - 23h17min
Clube
História
Estádios
Símbolos
Presidentes
Futebol
Jogos
Títulos
Atletas
Técnicos
Competições
Informação
Livros
Crônicas
Reportagens
Por onde anda?
Estatísticas
Gerais
Confrontos
Campanhas
Ranking CBF
Competições
Multimídia
Fotos
Áudios
Vídeos

» 1ª Página » Informa��o » Por onde anda?
DIDINHO, ex-jogador do Bangu
05/05/08
 

Um jogador esquecido pela história

Vocês se lembram do Didinho?

Provavelmente, só quem acompanhou o Bangu na década de 70 tem na memória algum lance desse meio-campo, que atuou duas temporadas (1970 e 1976) com a camisa alvirrubra.

Hoje, atual coordenador das categorias de base do Olaria, Didinho, ou melhor, Sebastião Campos de Morais, 65 anos, foi um meio-campo que despontou no Bonsucesso em 1969 e o presidente Elias Gaze fez questão de trazê-lo para o Bangu no ano seguinte.

Em Moça Bonita, alcançou logo a posição de titular, graças ao técnico Flávio Costa e participou de um jogo histórico: os 4 a 0 sobre o Flamengo, no Maracanã, quando Dé marcou o famoso "gol do gelo": "A jogada começou comigo, numa dividida com o meia Liminha, a bola sobrou para o zagueiro Reyes e o Dé tirou a bola dele atirando um pedregulho de gelo, que assustou o jogador."

Do time de 1970, Didinho lembra dos amigos Aladim, Serjão, Cabrita e Paulo Mata, mas destaca sempre a mão firme de Flávio Costa: "Ele era a grande estrela, com jogadores medianos ele conseguiu montar um time brioso".

Voltou ao Bangu em 1976, vindo do Botafogo, para participar de uma temporada bastante fraca, mas que acabou dando ao clube o título do Torneio da Integração. Parou de jogar em 1979, quando defendia o Serrano, de Petrópolis, mas antes disso rodou o mundo mostrando seu futebol.

Comandou o meio-campo banguense em 67 oportunidades (com 21 vitórias, 17 empates e 29 derrotas), tendo marcado 7 gols. Sobre o momento lamentável que o Bangu vive, Didinho é categórico: "Hoje é um clube triste, sem identidade".

Didinho trabalha hoje na Comissão Técnica do Olaria, que está fazendo muito boa campanha na Copa Rio e é forte concorrente na Segundona do Carioca.

E agora, lembraram-se do Didinho?

Carlos Molinari
Pesquisador da história do Bangu Atlético Clube.
     
Livros
 
Estatísticas 2017
 
Jogos 13
Vitórias 3
Empates 3
Derrotas 7
Gols Pró 12
Gols Contra 23
Saldo de Gols -11
Aproveitamento 31%
Artilheiros 2017
 
Loco Abreu 3
Raphael Augusto 3
Leandro Chaves 1
João Guilherme 1
Guilherme 1
Carlinhos 1
Anderson Penna 1
Hygor Guimarães 1