Rio de Janeiro, sexta-feira, 17 de novembro de 2017 - 15h31min
Clube
História
Estádios
Símbolos
Presidentes
Futebol
Jogos
Títulos
Atletas
Técnicos
Competições
Informação
Livros
Crônicas
Reportagens
Por onde anda?
Estatísticas
Gerais
Confrontos
Campanhas
Ranking CBF
Competições
Multimídia
Fotos
Áudios
Vídeos

» 1ª Página » Informa��o » Por onde anda?
ANANIAS CRUZ, ex-jogador do Bangu
23/06/08
 

Orgulho de ser campeão em Nova York

Às vésperas de completar 70 anos, Ananias Cruz - jogador do Bangu entre 1958 e 1963 - ainda vive pelas ruas do bairro. Aposentado, o ex-atleta que atuava como lateral, zagueiro ou volante, pode se orgulhar de ter feito parte de um momento histórico na vida do clube alvirrubro: foi campeão do Torneio Internacional de Nova York, em 1960.

"Era um campeonato nos moldes do Mundial de hoje e não foi reconhecido por muitos. Pra mim, é o maior título da história do clube" - reclama com razão.

Chegou ao Bangu, levado pelo mestre Zizinho, aos 8 anos. Só se tornaria profissional aos 20 anos, em 1958. E, em 1963, teve seu passe vendido para o Flamengo. Considerado para sua época, um jogador violento, Ananias Cruz acabou retornando para Moça Bonita na função de treinador. Foi técnico em 1975, 76, 80, 86 e 87. Aliás, em 1987, Ananias foi campeão carioca de juniores e aproveitou para lançar dois talentos: o goleiro Palmieri e o meia Macula.

Nos seus tempos de jogador, vestiu a camisa alvirrubra em exatas 108 oportunidades (65v, 24e, 19d). Para ele, Tim foi o melhor treinador que o Bangu já teve em todos os tempos. Não por acaso, era Tim o técnico durante a disputa do Torneio de Nova York.

Em relação ao momento atual, Ananias é categórico: "Está sempre sem divisões de base, fica então dependendo de empresários para qualquer coisa".

Palavra de quem viveu uma época bem diferente do que temos aí.

Carlos Molinari
Pesquisador da história do Bangu Atlético Clube.
     
Livros
 
Estatísticas
 
Jogos 4.116
Vitórias 1.713
Empates 980
Derrotas 1.423
Gols Pró 7.267
Gols Contra 6.306
Saldo de Gols 961
Artilheiros
 
Ladislau 229
Moacir Bueno 202
Nívio 152
Menezes 138
Zizinho 124
Luís Carlos 119
Paulo Borges 109
Décio Esteves 97
Arturzinho 93
Marinho 83