Rio de Janeiro, terça-feira, 26 de setembro de 2017 - 04h30min
Clube
História
Estádios
Símbolos
Presidentes
Futebol
Jogos
Títulos
Atletas
Técnicos
Competições
Informação
Livros
Crônicas
Reportagens
Por onde anda?
Estatísticas
Gerais
Confrontos
Campanhas
Ranking CBF
Competições
Multimídia
Fotos
Áudios
Vídeos

» 1ª Página » Informa��o » Por onde anda?
FIDÉLIS, ex-jogador do Bangu
08/09/08
 

O Touro Sentado que fez história

José Maria Fidélis dos Santos, ou o “Touro Sentado”, o melhor lateral-direito da história do Bangu, é hoje técnico de futebol aposentado. Aos 62 anos, Fidélis faz questão de relembrar sua história no clube em que se consagrou.

Levado ao Bangu pelo Tenente Cavalcanti, da Base da Aeronáutica em São José dos Campos – sua cidade natal – que o viu jogar entre os garotos do “Corintinha do Jardim Paulista”. Estreou entre os profissionais em 1963, numa partida contra o América pelo Torneio Início e no ano seguinte já assumia a condição de titular na equipe do técnico Tim.

Obviamente, que as melhores recordações de Fidélis recaem sobre o timaço campeão de 1966. “Era um time extraordinário, bem treinado, de jogadores amigos, em que o patrão (Castor) mandava e desmandava. Tinha até bichos em treinos” – relembra o ex-jogador.

Fidélis guarda até hoje a amizade com Ubirajara, Paulo Borges e Ênio. E tem como melhor partida disputada a finalíssima contra o Flamengo. “Eu dei duas bordoadas no Almir, daí ele descontou no Ladeira. Foi o jogo da minha vida”.

Conseguiu também a honra de ser convocado para a Copa do Mundo da Inglaterra, em 1966. Mesmo não sendo unanimidade – muita gente preferia ver Carlos Alberto Torres em seu lugar -, Fidélis fez nove jogos pela Seleção (oito amistosos), inclusive a derrota para Portugal por 3 x 1, que eliminou a equipe na Copa.

Fato raro, Fidélis lembra inclusive a data em que foi vendido para o Vasco: 2 de fevereiro de 1969. Depois do Vasco, jogou ainda no América/RJ, no ABC/RN, no Operário/MS e no São José/SP.

Em relação ao Bangu de hoje, Fidélis é enfático: “Caído pela falta de dinheiro, sem ninguém que apóie”.

Carlos Molinari
Pesquisador da história do Bangu Atlético Clube.
     
Livros
 
Estatísticas
 
Jogos 4.133
Vitórias 1.728
Empates 979
Derrotas 1.426
Gols Pró 7.305
Gols Contra 6.332
Saldo de Gols 973
Artilheiros
 
Ladislau 231
Moacir Bueno 203
Nívio 152
Menezes 137
Zizinho 125
Luís Carlos 119
Paulo Borges 109
Décio Esteves 98
Arturzinho 93
Marinho 83