Rio de Janeiro, terça-feira, 26 de setembro de 2017 - 04h32min
Clube
História
Estádios
Símbolos
Presidentes
Futebol
Jogos
Títulos
Atletas
Técnicos
Competições
Informação
Livros
Crônicas
Reportagens
Por onde anda?
Estatísticas
Gerais
Confrontos
Campanhas
Ranking CBF
Competições
Multimídia
Fotos
Áudios
Vídeos

» 1ª Página » Informa��o » Por onde anda?
ALEXANDRE, ex-jogador do Bangu
08/12/08
 

Alexandre Sirino da Silva, pouca gente lembra desse jogador vestindo a camisa do Bangu. Provavelmente, são torcedores que não viram a boa campanha que o clube fez no Campeonato Carioca de 1995. Na época, com meros 20 anos, esse lateral-esquerdo caiu nas graças do técnico Ricardo Barreto.

Ao ser lembrado para a seção "Por Onde Anda?", Alexandre ficou muito feliz e deu seu depoimento com grande satisfação. Este carioca de Madureira, criado em Realengo, hoje com 33 anos está jogando pelo Campo Grande, mas lembra detalhadamente todos os seus passos em Moça Bonita.

"Cheguei ao Bangu para testes nos Juniores em 1994, levado pelo ex-atacante Sidney. O Moisés me deu a primeira oportunidade nos profissionais e fiz dois jogos pelo Campeonato Brasileiro da Segunda Divisão, contra o Tiradentes e a Ponte Preta".

Em 1995, já entre os titulares, Alexandre brilhou no empate em 2 x 2 com o Flamengo, na Gávea - partida que considera a sua melhor com a camisa alvirrubra. Como se destacou no Campeonato Carioca daquele ano, obviamente, acabou sendo negociado pelo empresário Pedrinho Vicençote, que gerencia o Bangu naqueles idos. Foi parar no Atalanta, da Itália.

Depois disso, voltou ao Brasil, jogou no Flamengo, no Fluminense, no Ituano, no Internacional e reapareceu em Moça Bonita em 1999 para disputar a desvalorizada Copa Rio, totalizando 24 jogos pelo clube (5v, 11e, 8d). Do Bangu, Alexandre foi para o Ceres, Olaria, CRB, Volta Redonda e agora está no Campo Grande.

Daquela época, restou a amizade com o meia Humberto. Sobre o momento atual do Bangu, Alexandre torceu muito para que voltasse à primeira divisão. "Vi uma matéria na TV Bandeirantes que me fez chorar"...

E agora? Já se lembraram do dono da camisa 6 em 1995?

Carlos Molinari
Pesquisador da história do Bangu Atlético Clube.
     
Livros
 
Estatísticas
 
Jogos 4.133
Vitórias 1.728
Empates 979
Derrotas 1.426
Gols Pró 7.305
Gols Contra 6.332
Saldo de Gols 973
Artilheiros
 
Ladislau 231
Moacir Bueno 203
Nívio 152
Menezes 137
Zizinho 125
Luís Carlos 119
Paulo Borges 109
Décio Esteves 98
Arturzinho 93
Marinho 83