Rio de Janeiro, sábado, 22 de julho de 2017 - 03h49min
Clube
História
Estádios
Símbolos
Presidentes
Futebol
Jogos
Títulos
Atletas
Técnicos
Competições
Informação
Livros
Crônicas
Reportagens
Por onde anda?
Estatísticas
Gerais
Confrontos
Campanhas
Ranking CBF
Competições
Multimídia
Fotos
Áudios
Vídeos

» 1ª Página » Informa��o » Por onde anda?
MARCELO HENRIQUE, ex-jogador do Bangu
26/07/2010
 

Carioca de Senador Camará, Marcelo Henrique dos Santos era uma promessa de atacante nos anos 80. Chegou ao Bangu com 11 anos para ser... gandula! Para "crescer na vida" lavava os carros dos jogadores profissionais e assim, de gorjeta em gorjeta, dada por Marinho e outros, ia acumulando suas primeiras economias.

Quando foi chamado para jogar na escolinha do Bangu, Marcelo Henrique dissimulou. Preferiu ficar do lado de fora, lavando os carros, para ganhar dinheiro. Mas, o menino era craque de bola e acabou indo fazer testes no Fluminense, onde em 1988, aos 19 anos, já era titular do time do técnico Carbone.

A fama precoce prejudicou o jogador que não soube lidar com tanta pressão e com mais dinheiro na mão do que na época em que apenas lavava os carros em Moça Bonita. Por isso, do Fluminense voltou para o Bangu em 1990 para disputar o Campeonato Brasileiro da Terceira Divisão.

Continuou no clube nas temporadas de 1991, 1992 e 1993. Aliás, em 1992, fez a que considera sua melhor partida com a camisa alvirrubra, contra o Coritiba, em Moça Bonita, pelo Brasileiro da Segunda Divisão. O Bangu venceu o arquirrival por 3 a 1 e ele marcou o terceiro gol justamente em cima do goleiro Rafael, o algoz dos banguenses na decisão de 1985.

Marcelo Henrique lembra de grandes treinadores, como Paulo Massa, Sérgio Cosme e Moisés. Mas foi justamente o "xerife" Moisés que tirou o atacante da lista dos titulares durante o Campeonato Carioca de 1993. Sem espaço no clube, preterido, foi negociado com o Fortaleza.

Encerrou a carreira somente em 2002, no Macaé. Hoje, com 40 anos, Marcelo Henrique trabalha como segurança e agente patrimonial e, sempre que pode, vigia de perto as campanhas do Bangu.

"Tomara que volte a ser o que foi e que definitivamente dê adeus às dificuldades".

Para as estatísticas, Marcelo Henrique fez 67 partidas com a camisa alvirrubra, com 29 vitórias, 24 empates e 14 derrotas. Marcou 21 gols e foi expulso uma vez de campo.

Carlos Molinari e Fabio Menezes
     
Livros
 
Estatísticas 2017
 
Jogos 20
Vitórias 5
Empates 6
Derrotas 9
Gols Pró 19
Gols Contra 32
Saldo de Gols -13
Aproveitamento 35%
Artilheiros 2017
 
Loco Abreu 3
Raphael Augusto 3
Rogerinho 2
Bruno Luiz 2
Leandro Chaves 1
João Guilherme 1
Guilherme 1
Carlinhos 1
Anderson Penna 1
Hygor Guimarães 1
Daniel Bueno 1
Marlon 1
Mauro Silva 1