Rio de Janeiro, sábado, 22 de julho de 2017 - 03h49min
Clube
História
Estádios
Símbolos
Presidentes
Futebol
Jogos
Títulos
Atletas
Técnicos
Competições
Informação
Livros
Crônicas
Reportagens
Por onde anda?
Estatísticas
Gerais
Confrontos
Campanhas
Ranking CBF
Competições
Multimídia
Fotos
Áudios
Vídeos

» 1ª Página » Informa��o » Por onde anda?
ROGÉRIO MELO, ex-treinador do Bangu
07/12/10
 

É preciso puxar pela memória para lembrar do professor Rogério Melo comandando os profissionais do Bangu. Isso ocorreu no segundo semestre de 1990 e no primeiro semestre de 1991. Rogério, hoje professor universitário da Gama Filho, do departamento de Educação Física, atendeu atenciosamente à equipe do Bangu.net para este "Por Onde Anda?"

Hoje com 57 anos, Rogério é nascido no próprio bairro e começou sua carreira esportiva como jogador e treinador de Futsal no Casino Bangu. Depois disso, foi convidado pelo presidente Antenorzinho para dirigir a equipe de Juniores do Bangu Atlético Clube. Seu trabalho só ganhou projeção quando assumiu os Infantis do Bangu, levando o time ao vice-campeonato estadual, com atletas como: Palmieri, Marcão, Bimba, Léo, Macula e Marcelo Henrique.

Sempre trabalhando nas categorias inferiores, em 1989 voltou a comandar os Juniores, sendo novamente vice-campeão, perdendo a decisão para o Flamengo, no Maracanã. O sucesso nas categorias inferiores fez com que recebesse a grande chance: treinar o time de profissionais no Campeonato Brasileiro da 3ª Divisão, em 1990.

"Deparei com uma boa estrutura, já não era a época das grandes contratações, porém encontrei alguns jogadores que tinham trabalhado comigo nos Juniores do próprio Bangu e alguns jogadores mais experientes, como Josimar, Carlito, Vágner Pepeta, Sales, Arturzinho e Mendonça. Com esse grupo mesclado fomos disputar o Campeonato Brasileiro da Terceira Divisão. Fizemos uma campanha razoável onde conseguimos classificar a equipe para a fase seguinte, ficando entre os oito primeiros colocados, com isso obtivemos o direito de no próximo ano disputarmos a Segunda Divisão do Brasileirão".

É claro que a diretoria manteve Rogério no cargo. Mais uma vez, conseguiu passar da primeira fase, mas caiu na fase de mata-mata para o Coritiba. Estava chegando ao fim a sua época no Bangu. "Dirigi ainda a equipe em quatro jogos da Copa Rio e fui dispensado..."

Seus melhores momentos foram duas vitórias sobre dois grandes do Rio de Janeiro: 1 a 0 sobre o Fluminense, "em pleno estádio da Álvaro Chaves, com um gol de Mendonça" e o 2 a 1 sobre o Botafogo, "de virada, no estádio Caio Martins".

Rogério considera como principal características das equipes que dirigiu entre 1990/1991 o forte sistema defensivo, com a passagem rápida para o ataque, aproveitando a velocidade de Serginho, Gilson, Helinho, Marinho e Marcelo Henrique. Infelizmente, não encontra mais nenhum deles hoje em dia. "Estou em outra atividade, não sobra tempo para acompanhar o futebol de perto" - diz.

Depois de ser treinador dos profissionais, Rogério Melo chegou a ser Vice-Presidente de Esportes Amadores do Bangu, mas hoje está completamente desligado do clube, contentando-se em ser mais um torcedor.

Entre jogos oficiais e amistosos, o professor Rogério comandou o Bangu em 43 partidas, com 18 vitórias, 13 empates e 12 derrotas.

Carlos Molinari e Fabio Menezes
     
Livros
 
Estatísticas 2017
 
Jogos 20
Vitórias 5
Empates 6
Derrotas 9
Gols Pró 19
Gols Contra 32
Saldo de Gols -13
Aproveitamento 35%
Artilheiros 2017
 
Loco Abreu 3
Raphael Augusto 3
Rogerinho 2
Bruno Luiz 2
Leandro Chaves 1
João Guilherme 1
Guilherme 1
Carlinhos 1
Anderson Penna 1
Hygor Guimarães 1
Daniel Bueno 1
Marlon 1
Mauro Silva 1