Rio de Janeiro, domingo, 19 de novembro de 2017 - 17h23min
Clube
História
Estádios
Símbolos
Presidentes
Futebol
Jogos
Títulos
Atletas
Técnicos
Competições
Informação
Livros
Crônicas
Reportagens
Por onde anda?
Estatísticas
Gerais
Confrontos
Campanhas
Ranking CBF
Competições
Multimídia
Fotos
Áudios
Vídeos

» 1ª Página » Informa��o » Por onde anda?
JOÃO CLÁUDIO, ex-jogador do Bangu
27/06/11
 

Da grande área para a arquidiocese

Nascido na Praça da Bandeira (RJ), em 24 de junho de 1963 – dia de São João – João Cláudio da Silva Gomes foi formado nas categorias de base do Vitória (BA), e trazido para o Bangu pelo Sr. Aloísio, segurança de Castor de Andrade.

Profissionalizou-se com 20 anos, em 1983, estreando numa partida contra a Campinense (1 x 1), em Campina Grande. No entanto, como não tinha a mínima chance de atuar entre os titulares naquele ano, foi emprestado ao Rio Negro (AM), onde ficou esquecido até 1984.

Naquele ano, o Bangu foi fazer um amistoso contra o time de Manaus. Venceu por 5 a 2, mas João Cláudio perturbou a defesa alvirrubra e ainda marcou um gol. Isso fez com que os dirigentes banguenses se lembrassem do jovem atacante e o trouxeram de volta em 1985.

Moisés passou a relacioná-lo para o banco de reservas e João Cláudio passou a titular com a contusão de Fernando Macaé na excursão à Coréia do Sul. Na volta ao Brasil, surpreendeu a todos, sendo um grande destaque do time na fase final do Campeonato Brasileiro de 1985.

Um de seus melhores momentos foi quando entrou no 2º tempo, no lugar de Delacir, e fez um gol no Internacional, no Maracanã, no empate em 1 a 1.

Teve excelente atuação contra o Vasco, na vitória por 2 a 0, quando marcou os dois gols, sendo que um deles foi um verdadeiro golaço, matando a bola no peito e chutando no ângulo.

Para o centroavante, o jogo inesquecível foi a finalíssima contra o Coritiba, quando realmente não estava em um bom dia. Guarda como recordação a amizade com os ex-jogadores Toby, Oliveira e Cardoso.

Atualmente, João Cláudio é segurança da Arquidiocese do Rio de Janeiro e só assiste jogos do Bangu quando passam na TV. “O time esteve bem, só não ganhou dos grandes por falta de experiência, mas esses garotos vão longe e o Marcão como técnico também tem futuro” – declarou o ex-jogador, que pendurou as chuteiras em 1998, no Alegre (ES).

Além de Vitória (BA), Bangu e Rio Negro (AM), João Cláudio jogou também no América (RJ), Olaria, Goytacaz, Brusque (SC), Avaí, Mixto, Fortaleza, Colatina, Toulouse (França), Estudiante (Venezuela) e Minerven (Venezuela).

Pelo Bangu, fez 67 partidas (32 vitórias, 26 empates e 9 derrotas), entre 1983 e 1988, marcando 18 gols.

Carlos Molinari
     
Livros
 
Estatísticas
 
Jogos 4.116
Vitórias 1.713
Empates 980
Derrotas 1.423
Gols Pró 7.267
Gols Contra 6.306
Saldo de Gols 961
Artilheiros
 
Ladislau 229
Moacir Bueno 202
Nívio 152
Menezes 138
Zizinho 124
Luís Carlos 119
Paulo Borges 109
Décio Esteves 97
Arturzinho 93
Marinho 83