Rio de Janeiro, sábado, 25 de outubro de 2014 - 07h27min
Clube
História
Estádios
Símbolos
Presidentes
Futebol
Jogos
Títulos
Atletas
Técnicos
Competições
Informação
Livros
Crônicas
Reportagens
Por onde anda?
Estatísticas
Gerais
Confrontos
Campanhas
Ranking CBF
Competições
Multimídia
Fotos
Áudios
Vídeos
» 1ª Página » Informação » Reportagens

BANGU, CAMPEÃO DE 33, PRIMEIRO ANO DO PROFISSIONALISMO

Foto: Jornal dos Sports
 
A equipe do Bangu campeã de 1933, o primeiro título da era do profissionalismo

O Bangu foi o campeão carioca de 1933, ano crucial para os destinos do futebol do então Distrito Federal. Há tempos os clubes já não se preocupavam em esconder que pagavam luvas e salários a seus principais jogadores e, em reunião no dia 23 de janeiro de 33,os dirigentes foram unânimes e optaram, de uma vez por todas, pelo profissionalismo. Porém, desentendimentos entre os clubes integrantes da Associação Metropolitana de Esportes Athléticos (Amea), a liga amadora, resultaram na criação de uma nova entidade: a Liga Carioca de Football (LCF), que adotava o profissionalismo.

As principais equipes cariocas ficaram divididas: de um lado, América, Bangu, fluminense e Vasco (LCF); de outro, Botafogo, Flamengo e São Cristóvão (Amea). Com isso, duas competições corriam ao mesmo tempo em 33,o que aconteceu até 36.

Pela Amea, pouco tempo depois de iniciada a competição, Flamengo e São Cristóvão deixaram o amadorismo de lado e debandaram para o profissionalismo, filiando-se à LCF Isso deixou o Botafogo como único grande clube na Amea, ao lado de Confiança, Engenho de Dentro, Mavílis, Cocotá, River e Brasil.

Na LCF estavam as principais forças do futebol carioca, mas o Bangu foi a estrela da competição. Com uma equipe fortíssima, comandado por Luís Vinhaes, campeão carioca de 26 com o não mais modesto São Cristóvão. Com baixos salários, mas excelentes jogadores, o Bangu perdeu apenas uma partida das dez que disputou e provou que nem sempre muito dinheiro garante o sucesso no futebol. Lição para nossos dirigentes.


Fonte: Jornal dos Sports - Arquivo JS, 17/12/2001.

     
Livros
 
Estatísticas
 
Jogos 4.023
Vitórias 1.684
Empates 956
Derrotas 1.383
Gols Pró 7.104
Gols Contra 6.140
Saldo de Gols 964
Artilheiros
 
Ladislau 226
Moacir Bueno 189
Nívio 147
Menezes 134
Zizinho 125
Luís Carlos 110
Paulo Borges 108
Décio Esteves 97
Arturzinho 91
Marinho 80