Rio de Janeiro, quarta-feira, 22 de novembro de 2017 - 20h11min
Clube
História
Estádios
Símbolos
Presidentes
Futebol
Jogos
Títulos
Atletas
Técnicos
Competições
Informação
Livros
Crônicas
Reportagens
Por onde anda?
Estatísticas
Gerais
Confrontos
Campanhas
Ranking CBF
Competições
Multimídia
Fotos
Áudios
Vídeos

» 1ª Página » Informação » Reportagens


PARA A GAROTADA VER ONDE A FARRA PODE ACABAR

Trajetória de Marinho, das noitadas à dependência das drogas e a tentativa de dar a volta por cima, é a melhor lição para os craques mais jovens sobre os perigos da vida

O drama da personagem Mel, interpretada por Débora Falabella, que vive uma jovem drogada em 'O Clone', fez o ex-jogador Marinho voltar no tempo. A exemplo de Glória Perez, autora da novela, Marinho faz um alerta contra os efeitos nocivos das drogas na saúde e também no bolso das pessoas e, especialmente, dos jogadores de futebol.

Ex-drogado assumido, ele não deixa passar em branco nenhuma oportunidade de condenar o uso de qualquer substância tóxica. "Sou um exemplo vivo de que o vício coloca tudo a perder", comenta o ex-atacante.

O desastre financeiro foi inevitável. A situação está até hoje preta para o outrora milionário Marinho - ex-Bangu, Atlético-MG, Botafogo e seleção brasileira. A maré está tão braba que o ex-jogador está chupando gelo, para economizar água, como salienta, pois não perde o bom humor.

Morando de favor na casa de uma tia de Lisa Mineli, sua mulher, no bairro de Bangu, Marinho confessa ter jogado pela janela a carreira e a fortuna. Gastou tudo que tinha com mulheres, farras e drogas. Hoje, ele vive uma vida regrada, de dinheiro contado. "Ando tão duro que faço macumba com um tablete de caldo de frango, porque a verba não dá para comprar uma galinha", diverte-se o ex-craque banguense.

Nem sempre foi assim. No auge da carreira, em 89, Marinho tinha seis carros na garagem. Um Mercedes, um Santana, um Monza e uma caminhonete, todos do ano, além de um Chevette e um Fusca. Atualmente, a garagem da casa onde vive está vazia. "Vazia, nada. Temos três bicicletas", tenta brincar o ex-jogador.

Em seguida, Marinho fecha o sorriso, olha para um ponto qualquer no horizonte e se lamenta. "Nunca pensei que teria um fim de carreira tão dramático. Sou o exemplo vivo para qualquer jogador de futebol".

Marinho ressalta que, se tivesse o dom de voltar no tempo, gostaria de retornar uns 20 anos. "Mas com a cabeça que tenho agora. Meus filhos teriam conforto. Minha mulher, uma vida de rainha. Com certeza, não estariam neste sufoco", arrepende-se.

Treinando o time juvenil do Bangu e coordenando as divisões de base do clube, ele sonha voltar aos tempos de glórias, como técnico de um grande clube. Casado com Lisa Mineli há 12 anos, o ex-ponta perdeu todo o patrimônio para a primeira mulher, Tânia, que mora em Belo Horizonte, com outros dois filhos. "Fiquei na 'pela'. Ela levou tudo. Mas, com a vida que eu levava, acabaria mesmo perdendo os bens. Deixa ela para lá...", resigna-se.


OS CONSELHOS

1 - "Cuidado com mulher muito bonita. No fundo, ela só quer saber de dinheiro."
2 - "Essas mulheres lindas não têm amor por jogador feio. Seja sempre malandro. Dê uma de abelha: dá uma picada e vai embora."
3 - "Compre terra. Terra não acaba nunca. É tão valiosa que somos enterrados nela."
4 - "Sou o exemplo maior do otário. Do menino pobre que um dia deslumbrou e jogou a vida pela janela."
5 - "Não se envolva nunca com drogas. Ela geralmente vem acompanhada de uma mulher bonita, que se insinua, usa tóxico e você acaba entrando na dela."
6 - "Acredite: a droga é um caminho sem volta."
7 - "Procure uma religião. Se apegue a Deus. Um Atleta de Cristo dificilmente se desvia do caminho do bem."
8 - "Estude bem o comportamento dos seus amigos. Na maioria das vezes, eles torram seu dinheiro e depois somem, diante do seu fracasso."
9 - "Quando parar com a bola, não queira continuar tendo vida de 'boleiro'. O dinheiro um dia acaba."
10 - "Antes de fazer bobagens, pense nos seus filhos e nos seus pais. Eles acabarão sendo as maiores vítimas dos seus erros."


Fonte: Jornal O Dia, 20/04/2002. Repórter: Mauro Leão.

     
Livros
 
Estatísticas
 
Jogos 4.116
Vitórias 1.713
Empates 980
Derrotas 1.423
Gols Pró 7.267
Gols Contra 6.306
Saldo de Gols 961
Artilheiros
 
Ladislau 229
Moacir Bueno 202
Nívio 152
Menezes 138
Zizinho 124
Luís Carlos 119
Paulo Borges 109
Décio Esteves 97
Arturzinho 93
Marinho 83