Rio de Janeiro, quinta-feira, 23 de outubro de 2014 - 06h39min
Clube
História
Estádios
Símbolos
Presidentes
Futebol
Jogos
Títulos
Atletas
Técnicos
Competições
Informação
Livros
Crônicas
Reportagens
Por onde anda?
Estatísticas
Gerais
Confrontos
Campanhas
Ranking CBF
Competições
Multimídia
Fotos
Áudios
Vídeos
» 1ª Página » Informação » Reportagens


SEM MEDO DE SEREM FELIZES

Foto: O Dia On Line
Brasília (Madureira), Tita (Bangu), Alfredo Sampaio (América) e Sérgio Cosme (Olaria) sonham em volar ao Maracanã em março como campeões

Embalados pela vitória do ex-metalúrgico Lula, treinadores de Bangu, Madureira, América e Olaria sonham roubar a cena dos grandes na festa do Estadual

Para as platéias de Vasco, Flamengo, Fluminense e Botafogo, eles serão meros figurantes no espetáculo que promete ser o Campeonato Estadual. Mas, no embalo da vitória do modesto PT de Lula, os técnicos de Bangu, Olaria, América e Madureira querem roubar a cena e brilhar na competição mais charmosa do Brasil.

Tita, Sérgio Cosme, Alfredo Sampaio e Brasília sonham se consagrar no palco maior do futebol: o Maracanã. Apostam em seus elencos e tramam pregar uma peça nos 'medalhões'. O respeitável público aplaudirá Romário, Marcelinho, Marques, Petkovic, Felipe..., mas, se depender dos 'figurantes', também baterão palmas para astros emergentes.

"Nós merecemos, porque ralamos muito", disse Sérgio Cosme em nome dos técnicos.
As estratégias.

Campeão pela última vez em 60, o América comemora cem anos em 2004 e abre o show, hoje, em São Januário, contra o Vasco dos ases Petkovic, Marcelinho, Marques e Valdir.

"A tabela foi perversa para o América, mas nos servirá de combustível. A torcida está carente de títulos e o clube voltará a ocupar espaço de destaque no futebol. O Vasco vai querer decidir o jogo no primeiro tempo.

Eles (os ases) não devem jogar 90 minutos. Com a torcida contra, vamos dosar ousadia e cautela", avisa Alfredo, 44 anos, que terá Jorge Luís, mas não contará com Wagner no gol.

O Olaria, que Sérgio Cosme batizou de 'Azulão do Rio', numa alusão ao São Caetano, vai às Laranjeiras amanhã, encarar o Fluminense de Romário. Mas o técnico avisa.

"O maior reforço do Olaria é a manutenção do elenco. Estamos juntos há cinco meses e invictos há 23 jogos. E essa invencibilidade não veio por acaso, não. É bom respeitarem", adverte o técnico de 50 anos, sem medo do Baixinho.

"Não estou preocupado com Romário. Vamos jogar sem medo de errar e em busca da vaga nas finais", avisa, confirmando o time com Cássio, Daniel, Juliano e Santiago; André Ladaga, Magrão, Carlos Alberto, Marcinho e Arinélson; Boiadeiro e Danilo.

Tita revela o Bangu de 2003, que pega o Botafogo, amanhã, em Moça Bonita.

"O Bangu terá a cara do Tita: será lutador, guerreiro. Vai atacar e defender com a mesma eficiência, como manda o futebol. Temos uma garotada boa, média de 23 anos, e vamos fazer um bom campeonato", afirma Mílton Queiroz da Paixão, o Tita, de 44 anos.

Campeão em 33 e 66, o Bangu vem com Brás, China, Fábio Terra, Naílton e Artur; Helder, Beto, Luís Renato e Léo; Fabiano e João Rodrigo.

Já o Madureira do ex-zagueiro Brasília e dos ex-vascaínos Pimentel, Haroldo e Sorato, sonha com o título inédito.
"Minha equipe será audaciosa e competitiva. Nada de retranca. Vamos nos defender e sair para o jogo", avisa Brasília, de 39 anos, o 'caçula' dos técnicos e discípulo de Jair Pereira e Abel Braga.

O time terá Cléber, Pimentel, Paulo César, Ânderson do Ó e Pará; Da Silva, Haroldo, Adriano e Daniel; Sorato e Josafá.


Fonte: O Dia On Line (Repórter: José Luiz de Pinho), 18/01/2003.

     
Livros
 
Estatísticas
 
Jogos 4.023
Vitórias 1.684
Empates 956
Derrotas 1.383
Gols Pró 7.104
Gols Contra 6.140
Saldo de Gols 964
Artilheiros
 
Ladislau 226
Moacir Bueno 189
Nívio 147
Menezes 134
Zizinho 125
Luís Carlos 110
Paulo Borges 108
Décio Esteves 97
Arturzinho 91
Marinho 80