Especial - 100 Anos
Foto: Ari Kaye (Jornal dos Sports)
Ademir da Guia beija o busto de bronze que homenageia seu pai, o zagueiro Domingos da Guia, ídolo dos banguenses
Uma festa para Domingos no centenário
Na festa de comemoração do centenário do Bangu, a Democracia Banguense, grupo de oposição formado por torcedores, promoveu ontem a inauguração do busto de Domingos da Guia, um dos maiores ídolos da história do clube. Ademir da Guia, filho de Domingos, esteve presente para prestigiar o evento. Os torcedores vibraram e se emocionaram com a presença do craque que, como o pai, também brilhou com a camisa alvirubra.

A escultura de bronze, que mede 70 cm e pesa 70 kg foi feita por Clécio Régis.

"O modelo para a escultura foi uma foto de 1948. Foi uma doação. Não cobrei nada pela obra, porque é uma honra homenagear um ídolo do Bangu, o clube do meu coração que é minha verdadeira religião", disse o artista.


Cerimônia deixa Ademir emocionado

O busto do ídolo pode ser visto no calçadão da Avenida Cônego Vasconcelos. O local passou a se chamar Calçadão Domingos da Guia.

Ao som do hino do clube, coube a Ademir de Guia, filho do Divino Mestre, fazer a inauguração oficial do busto.

"Estou muito emocionado em participar dessa festa, para mim, é um privilégio estar aqui representando a família. O futebol e o destino me fizeram morar em São Paulo. Porém, o bom filho à casa torna. Sempre pensei que voltaria aqui. Fico feliz por ser num evento tão bonito e emocionante", disse Ademir.
 
Fonte: Jornal dos Sports
Repórter: Flavio Winicki
www.bangu.net