Fundado em 17 de abril de 1904
Clube
História
Estádios
Símbolos
Presidentes
Futebol
Jogos
Títulos
Atletas
Técnicos
Competições
Informação
Livros
Crônicas
Reportagens
Por onde anda?
Estatísticas
Gerais
Confrontos
Campanhas
Ranking CBF
Competições
Multimídia
Fotos
Áudios
Vídeos

» 1ª Página » Informação » Notícias » Jogos


BANGU 2 x 0 CABOFRIENSE

FICHA TÉCNICA - Súmula
Competição:
Copa Rio - 1ª Fase - Grupo B (Returno - 3ª rodada)
Local:
Estádio Proletário Guilherme da Silveira Filho (Moça Bonita), em Bangu (RJ)
Data-Hora:
Sábado, 08/10/2011 - 15h
Renda:
R$ 1.460,00
Público:
192 pagantes (282 presentes)
Árbitro:
Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ)
Auxiliares:
Ricardo Nogueira da Silva (RJ) e Ralph Coutinho Carneiro (RJ)
Wagner Braz; Tiago Lopes, Abílio, Carlos Renan e Baiano (Esquerdinha); Raphael Azevedo, André Barreto, Mayaro e Tiano; Bruno Luiz (Leandrinho) e Bruno Carvalho (Guzzon).
Técnico: Marcão.
Washington; Matheus, Thurran, Jonathan (Sandro) e Morais; Lucien, Rafael, Maxsuel e Diego Sales; Allan (Adenilson) e Luis Marcelo (Pedro). 
Técnico:  Mário Marques.
Baiano e André Barreto (Bangu); Matheus e Thurran (Cabofriense)
-
Bangu 1 x 0: André Barreto, aos 37min do 1º tempo
Bangu 2 x 0: André Barreto, aos 2min do 2º tempo

. . . . . . . . . . . . . . .

Bangu vence a Cabofriense e se classifica para a próxima fase
Fonte: Tiago Amaro (Site Oficial do Bangu Atlético Clube)


Foto: Site Oficial do Bangu Atlético Clube
 
André Barreto, o herói do jogo

Numa tarde em que o Bangu fez o dever de casa com facilidade ao bater a Cabofriense, teve que aguardar o final do jogo entre Nova Iguaçu e America para comemorar a classificação.

O jogo começou com o Bangu dominando as ações do jogo e buscando a vitória a qualquer custo. No primeiro bom momento do Bangu, logo aos 6 minutos veio, através do reestreante do dia, Tiano que cobrou falta com categoria na trave do goleiro Washington. O camisa 10 da equipe do Bangu voltou com tudo, aos 18 minutos, o meia recebeu de Bruno Luiz e finalizou novamente na trave.

O Bangu seguia pressionando, mas não conseguia transformar em gol as oportunidades, mas isso mudou aos 38 minutos, quando o lateral Tiago Lopes foi ao fundo e cruzou na segunda trave na medida para André Barreto ajeitar e fazer a alegria dos banguenses presentes ao estádio de Moça Bonita. Bangu 1 x 0 Após o gol, a Cabofriense ainda assustou com o meia Diego Salles que bateu falta rente a trave. Fim de 1º tempo.

No intervalo, os atletas receberam a informação que o America vencia o Nova Iguaçu pela diferença de um gol e Bangu se classificava no critério de desempate pelo cartões. A noticia deu uma motivação aos atletas que voltaram a campo com a mesma gana que iniciou o jogo e, logo aos 3 minutos, o Bangu aumentou a vantagem novamente com André Barreto aproveitou o desvio na 1ª trave do zagueiro Carlos Renan após cobrança de falta lateral de Tiano. O gol não trouxe paz para a torcida banguense, porque o America fez mais um gol em Nova Iguaçu. Os jogadores só pensavam na classificação que poderia ter vindo, mas fácil se o arbitro não tivesse anulado gol do zagueiro Carlos Renan após cobrança de escanteio.

O juiz encerrou o jogo, mas a tensão durou após o final do jogo, uma vez que o jogo entre America e Nova Iguaçu ainda não havia acabou. Após a informação do fim do jogo em Nova Iguaçu, os jogadores juntamente com a comissão técnica comemoraram a classificação graças ao número de cartões.

Foto: Site Oficial do Bangu Atlético Clube
 
Jogadores comemoram a classificação


Ficha Técnica:
Jogo: Bangu 2 x 0 Cabofriense
Local: Estádio Proletário Guilherme da Silveira Filho, em Moça Bonita
Data: 08 de outubro de 2011
Horário: 15 horas

Bangu: Wagner Braz; Tiago Lopes, Abílio, Carlos Renan e Baiano(Esquerdinha); Raphael Azevedo, André Barreto, Mayaro e Tiano; Bruno Luiz(Leandrinho) e Bruno Carvalho(Guzzon).
Técnico: Marcão.
Cabofriense: Washington; Matheus, Thurran, Jonathan(Sandro) e Morais; Lucien, Rafael, Maxsuel e Diego Sales; Allan(Adenilson) e Luis Marcelo(Pedro).
Técnico: Mário Marques.

. . . . . . . . . . . . . . .

Bangu vence e ‘torce’ neste domingo
Fonte: Fabio Menezes (Papo Esportivo)


Foto: Fabio Menezes
 
De costas, o predestinado André Barreto recebe orientação do técnico Marcão

Vitória deixa Bangu quase classificado na copa

Pela última rodada da primeira fase da Copa Rio de Profissionais, Bangu e Cabofriense se enfrentaram na tarde deste sábado (8) no estádio Proletário Guilherme da Silveira. Com um gol em cada tempo, o alvirrubro saiu vencedor por 2 a 0 e torcerá pelo empate, neste domingo (9), entre Boavista e Bonsucesso, para assegurar vaga à próxima fase da competição ao lado do America.


O jogo

Enfrentando um adversário já eliminado e necessitando da vitória para manter chances de classificação, coube aos donos da casa pressionar desde o início. Comandado pelo meia Tiano, que retornou ao Bangu, após disputar a Série D nacional pelo Madureira e que fez valer sua habitual categoria em chutes de longa distância, acertando a trave por duas vezes, sendo a primeira em cobrança de falta aos dez minutos, o Bangu não deu espaços nos movimentos iniciais.

Mesmo com amplo domínio da partida, os comandados de Marcão (foto) só inauguraram o placar aos 36 minutos. Após a jogada de linha de fundo, Thiago Lopes fez cruzamento preciso pela direita e o experiente André Barreto desviou do alcance de Washington, marcando o primeiro gol banguense. Esboçando reação, a equipe da Região dos Lagos assustou dois minutos depois em cobrança de falta de Diego Sales, rente à trave de Wagner Braz.

Na etapa final, logo aos dois minutos, o Bangu ampliou. Na jogada ensaiada, novamente André Barreto balançou as redes, desta vez aproveitando cobrança de falta de Tiano e o desvio de Carlos Renan.

Com os dois gols, o volante banguense mais uma vez mostrou seu poder de decisão, marcando em momentos importantes. No ano passado, contra o Goytacaz, em Moça Bonita, Barreto fez - de cabeça - o terceiro gol na vitória por 3 a 2. O resultado garantiu, além da vaga à final com o Sendas, o regresso alvirrubro a uma competição este ano, quando o time de Moça Bonita marcou presença na Copa do Brasil.

>> Classificados - Resende, no Grupo A; Friburguense e Macaé Esporte, no B; Sendas e Serra Macaense (C), além de Madureira e Duque de Caxias, no Grupo D, já estão garantidos na segunda fase da competição. Com três vagas em aberto, Volta Redonda, Boavista, Bonsucesso, Bangu e América seguem na luta para manter vivo o sonho do título da competição.


FICHA TÉCNICA

BANGU 2 x 0 CABOFRIENSE
Local: Estádio Proletário Guilherme da Silveira, em Bangu
Data/Horário: 08/10/2011 - 15h
Árbitro: Rodrigo Carvalhaes de Miranda.
Auxiliares: Ricardo Nogueira da Silva e Ralph Coutinho Carneiro.
>> Bangu: Wagner Braz; Tiago Lopes, Abílio, Carlos Renan e Baiano (Esquerdinha); Raphael Azevedo, André Barreto, Mayaro e Tiano; Bruno Luiz (Leandrinho) e Bruno Carvalho (Guzzon). Técnico: Marcão.
>> Cabofriense: Washington; Matheus, Thurran, Jonathan (Sandro) e Morais; Lucien, Rafael, Maxsuel e Diego Sales; Allan (Adenilson) e Luis Marcelo (Pedro). Técnico: Mário Marques.

. . . . . . . . . . . . . . .

Video do jogo
 
 

Fotos do jogo
 
Foto: Maria Pimenta
 
 
Foto: Maria Pimenta
 
 
Foto: Maria Pimenta
 
 
Foto: Maria Pimenta
 
 
Foto: Maria Pimenta
 
 
Foto: Maria Pimenta
 
 
Foto: Maria Pimenta
 
 
Foto: Maria Pimenta
 
 
Foto: Maria Pimenta
 
 
Foto: Maria Pimenta
 
 
     
Livros
 
Estatísticas
 
Jogos 4.224
Vitórias 1.749
Empates 1.014
Derrotas 1.461
Gols Pró 7.409
Gols Contra 6.453
Saldo de Gols 956
Artilheiros
 
Ladislau 230
Moacir Bueno 206
Nívio 154
Menezes 139
Luís Carlos 126
Zizinho 124
Paulo Borges 109
Décio Esteves 98
Arturzinho 93
Marinho 86