Fundado em 17 de abril de 1904
Clube
História
Estádios
Símbolos
Presidentes
Futebol
Jogos
Títulos
Atletas
Técnicos
Competições
Informação
Livros
Crônicas
Reportagens
Por onde anda?
Estatísticas
Gerais
Confrontos
Campanhas
Ranking CBF
Competições
Multimídia
Fotos
Áudios
Vídeos

» 1ª Página » Informação » Notícias » Jogos


BANGU 2 x 4 BOTAFOGO

FICHA TÉCNICA - Súmula
Competição:
Campeonato Estadual (Taça Rio - Semifinal)
Local:
Estádio Olímpico João Havelange - Stadium Rio (Engenhão), no Engenho de Dentro (RJ)
Data-Hora:
Sábado, 21/04/2012 - 18h30min
Renda:
R$ 443.235,00
Público:
15.757 pagantes (19.786 presentes)
Árbitro:
Eduardo Cordeiro Guimarães (RJ)
Auxiliares:
Silbert Faria Sisquim (RJ) e Luiz Claudio Regazonne (RJ)
Willian Alves, China, Raphael Azevedo, Santiago (Fernando Lopes 6'/2ºT) e Renan Oliveira; Oliveira (Tiano 22'/2ºT); André Barreto, Thiago Galhardo e Gabriel Galhardo (Gedeilson - Intervalo); Fabinho e Sérgio Junior.
Técnico: Cleimar Rocha.
Jefferson; Lucas, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Márcio Azevedo; Marcelo Mattos, Renato (Maicosuel 34'/1ºT) , Elkeson (Caio 44'/2ºT), Andrezinho e Fellype Gabriel; Loco Abreu (Herrera 40'/2ºT).
Técnico: Oswaldo de Oliveira.
Oliveira, Raphael Azevedo, Sérgio Júnior, Thiago Galhardo, André Barreto e Fernando Lopes (Bangu); Márcio Azevedo, Fellype Gabriel e Maicosuel (Botafogo)
Thiago Galhardo 30'/2ºT (Bangu)
Bangu 0 x 1: Loco Abreu, aos 40min do 1º tempo
Bangu 0 x 2: Loco Abreu, aos 2min do 2º tempo
Bangu 1 x 2: Lucas (contra), aos 7min do 2º tempo
Bangu 1 x 3: Loco Abreu, aos 14min do 2º tempo
Bangu 2 x 3: Sérgio Junior, aos 25min do 2º tempo
Bangu 2 x 4: Maicosuel, aos 45min do 2º tempo

. . . . . . . . . . . . . . .

Loco volta a ser decisivo e Fogão vai à final da Taça Rio
Fonte: Lancepress!


Foto: Cléber Mendes
 
Torcida do Bangu foi em bom número ao Engenhão

Uruguaio marca três gols e coloca Alvinegro na primeira final em seu estádio. Adversário sairá do duelo Flamengo x Vasco

Na volta ao time titular do Botafogo, Loco Abreu marcou três gols - e perdeu um pênalti - na vitória por 4 a 2 diante do Bangu, neste sábado, no Engenhão. O Alvinegro garantiu vaga na final da Taça Rio e, agora, espera o vencedor do duelo entre Flamengo e Vasco, que jogam neste domingo, para saber quem será seu adversário na grande decisão.


SUPERIORIDADE ALVINEGRA

A partida começou com o Botafogo tomando as iniciativas ofensivas. Logo no primeiro minuto, Andrezinho recebeu passe de Elkeson e bateu cruzado para defesa de Willian. Pelo lado do Bangu, Thiago Galhado era a melhor opção e foi dos seus pés que saiu a primeira boa chance, que acabou sendo desperdiçada.

Mostrando superioridade, o Alvinegro seguiu criando chances. Em um cruzamento da esquerda, a bola bateu no braço de Santiago e Loco reclamou pênalti, não assinalado. Logo em seguida, após cruzamento rasteiro de Abreu, Fábio Ferreira perdeu a chance de balançar a rede.

O Bangu, por sua vez, foi se apagando em campo, ao contrário de sua torcida, que fazia bela festa. E nem mesmo a saída de Renato do time do Botafogo serviu de motivação. O volante sofreu um pisão no pé e deu lugar a Maicosuel. A ousada substituição de Oswaldo de Oliveira foi premiada.

Aos 39, depois de um escanteio, Fábio Ferreira desviou e Loco, pegando a sobra, fez 1 a 0. Apesar de ter pressionado durante os 45 minutos iniciais, o Botafogo saiu para o intervalo com apenas um gol de vantagem.


SUSTO E O BRILHO DE LOCO

O Bangu voltou para a etapa final com uma substituição: Gabriel Galhardo deu lugar a Gedeison. Mas ela nem teve tempo para surtir efeito. Isso porque logo aos dois minutos o Botafogo ampliou. Loco Abreu subiu mais que o goleiro Willian e, de cabeça, fez o seu segundo.

No entanto, a comemoração alvinegra logo perdeu força. Lucas desviou um cruzamento e enganou o goleiro Jefferson, que não pôde impedir a bola de encontrar a rede. Somente um jogador poderia fazer a torcida do Botafogo voltar a comemorar. E, aos 15, a estrela de Loco voltou a brilhar. Após cruzamento de Maicosuel, o atacante apareceu sozinho e fez 3 a 1.

E, como no primeiro gol do Bangu, o Botafogo errou outra vez. Jefferson saiu do gol para rifar a bola, mas acabou furando e Sérgio Júnior, esperto no lance, fez 3 a 2. Pressão sobre o Alvinegro? Não por muito tempo. Thiago Galhardo acabou expulso. E, aos 35, Lucas foi derrubado e o árbitro assinalou pênalti. Sem se preocupar com o retrospecto ruim nas penalidades, Loco chamou a responsabilidade e cobrou... mas errou pela sexta vez em sete oportunidades que teve.

Já aos 40, Oswaldo de Oliveira tirou o uruguaio, que, muito aplaudido, deu lugar a Herrera. E ainda teve tempo para mais gol. Maicosuel, que busca recuperar o bom futebol, arrancou e chutou no canto esquerdo de Willian para fechar o placar e garantir o Botafogo na final da Taça Rio.

. . . . . . . . . . . . . . .

Videos do jogo
Melhores momentos (PFC)
 
Esporte Espetacular (Globo)
 

Áudios do jogo
1º gol do Bangu - Lucas (contra) (CBN)
 
2º gol do Bangu - Sérgio Junior (CBN)
 
Comentários do jogo (CBN)
 

Fotos do jogo
 
Foto: Marcelo Regua / Agência O Dia
 
 
Foto: Marcelo Regua / Agência O Dia
 
 
Foto: Marcelo Regua / Agência O Dia
 
 
Foto: Marcelo Regua / Agência O Dia
 
 
Foto: Marcelo Regua / Agência O Dia
 
 
Foto: Ivo Gonzalez / O Globo
 
Loco Abreu deu trabalho à defesa do Bangu
 
Foto: Ivo Gonzalez / O Globo
 
O zagueiro Antonio Carlos foi outro que tentou ajudar o ataque
 
Foto: Ivo Gonzalez / O Globo
 
Andrezinho perdeu uma boa chance de gol na primeira etapa
 
Foto: Ivo Gonzalez / O Globo
 
Elkeson teve boa movimentação e deixou o campo aplaudido no segundo tempo
 
Foto: Paulo Roberto
 
A torcida do Bangu fez uma linda festa no Engenhão
 
Foto: Blog do Evaldo José
 
Torcida do Bangu no Setor Sul do Engenhão
     
Livros
 
Estatísticas
 
Jogos 4.157
Vitórias 1.731
Empates 990
Derrotas 1.436
Gols Pró 7.339
Gols Contra 6.366
Saldo de Gols 973
Artilheiros
 
Ladislau 229
Moacir Bueno 204
Nívio 152
Menezes 138
Zizinho 126
Luís Carlos 119
Paulo Borges 109
Décio Esteves 97
Arturzinho 93
Marinho 83