Fundado em 17 de abril de 1904
Clube
História
Estádios
Símbolos
Presidentes
Futebol
Jogos
Títulos
Atletas
Técnicos
Competições
Informação
Livros
Crônicas
Reportagens
Por onde anda?
Estatísticas
Gerais
Confrontos
Campanhas
Ranking CBF
Competições
Multimídia
Fotos
Áudios
Vídeos

» 1ª Página » Informação » Notícias » Jogos


BANGU 2 x 0 NOVA IGUAÇU

FICHA TÉCNICA - Súmula
Competição:
Copa Rio (1ª Fase - Grupo D - 1ª rodada do returno)
Local:
Estádio Proletário Guilherme da Silveira Filho (Moça Bonita), em Bangu (RJ)
Data-Hora:
Sábado, 25/09/2013 - 15h
Renda:
R$ 1.080,00
Público:
159 pagantes (249 presentes)
Árbitro:
Alexandre Vargas Tavares de Jesus (RJ)
Auxiliares:
Patrícia Silveira de Paiva R. da Silva (RJ) e Eliziane Vidal dos Santos Durães (RJ)

Luiz Guilherme; Douglas Touchê, Luiz Filipe, Carlos Renan e Paulo Vitor; Mayaro, Fernando Júnior (Hygor 40'/2T), Gabriel Galhardo (Thiago Conceição 30'/2T) e Thiago Galhardo e Bruno Santos; Marcelo Fernandes (Rodrigo Pinho 30'/2T).
Técnico: Mazolinha.

Jefferson; Belarmino, Junior Lopes, Jorge Felippe e Uallace; Tiago Pedra (Lucas 10'/2T), Luan, Dieguinho e Mossoró (Jonathan Napu 30'/2T); Lukian (Ramon (30'/2T) e Maycon.
Técnico: Edson Souza.
Marcelo Fernandes, Luiz Felipe, Gabriel Galhardo e Thiago Galhardo (Bangu); Tiago Pedra e Júnior Lopes (Nova Iguaçu)
-
Bangu 1 x 0: Fernando Júnior, a 1min do 2º tempo
Bangu 2 x 0: Belarmino (contra), aos 19min do 2º tempo

. . . . . . . . . . . . . . .

Bangu vence Nova Iguaçu e se mantém firme na liderança
Fonte: Agência Bangu

Com atuação marcante de Fernando Júnior, alvirrubro mantém sua invencibilidade

Cada vez mais perto da classificação para a segunda fase da Copa Rio, o Bangu derrotou o Nova Iguaçu, em Moça Bonita, nesta quarta-feira (25), por 2 a 0 em uma bela atuação que levou o time da Zona Oeste chegar a 13 pontos e se manter isolado na liderança do "grupo da morte".

Sendo pressionado pelo Nova Iguaçu no primeiro tempo, o Bangu ficava recuado, mas demonstrava competência e bom posicionamento tático para anular as chances adversárias que pouco levavam perigo ao gol de Luis Guilherme. Na melhor oportunidade do time da baixada, Lukian subiu de cabeça, após cruzamento de Belarmino, e a bola passou por cima do gol.

Aos poucos o Bangu começou a se soltar na partida. Aproveitando os erros do Nova Iguaçu, arriscava contra-ataques e finalizações de longe, como a de Bruno Santos, que recebeu na entrada da área e arriscou. Na sequência, o goleiro Jefferson caiu bem e defendeu.

Surtindo efeito, o Bangu voltou para o segundo tempo para decidir. Logo no primeiro minuto Bruno Santos levou pela lateral e cruzou. Marcelo Fernandes desviou para o meio da área e Fernando Júnior apareceu bem para abrir o placar. Bangu 1 a 0.

Com a vantagem no placar, o Bangu cresceu ainda mais no jogo. Sem dar espaços para o Nova Iguaçu criar, a equipe alvirrubra manteve-se ofensiva mas acabava perdendo boas chances para ampliar. Enfim, aos 15 minutos Fernando Junior apareceu novamente e cruzou. Marcelo Fernandes tentou concluir de letra e, na confusão, o lateral iguaçuano Belarmino acabou marcando contra, aumentando a vantagem do Bangu.

Após o gol, o Nova Iguaçu ainda tentou esboçar reação, mas o nervosismo da equipe da baixada confrontava a tranquilidade do Bangu que, com responsabilidade, afastou o perigo e segurou a vitória que elevou ainda mais a moral do grupo em busca do título inedito. O Bangu volta a campo no dia 2 de outubro, para enfrentar o Resende. A partida será realizada no Estádio do Trabalhador, no Sul Fluminense.

. . . . . . . . . . . . . . .

Bangu vence mais uma em casa e complica o Nova Iguaçu
Fonte: Gabriel Andrezo (FutRio)

Fernando Júnior faz grande jogo e garante triunfo em Moça Bonita

O Bangu deu um passo importante, nesta quarta-feira (25), para se classificar à segunda fase da Copa Rio. O Alvirrubro bateu o Nova Iguaçu, em casa, pelo placar de 2 a 0, chegando a 13 pontos na classificação do Grupo D. Os iguaçuanos se complicaram na chave, somando só quatro pontos.

O começo do jogo foi pouco movimentado, mas com muitas faltas no meio-campo. O Nova Iguaçu jogava de maneira mais ofensiva, mas errando alguns passes. Até o vento atrapalhava, quando a bola subia muito. A primeira chance foi uma finalização de Maycon, salva pela defesa banguense.

Os meias do Bangu estavam escondidos no jogo e só o Nova Iguaçu encaixava seu jogo. A melhor oportunidade veio aos 27 minutos, quando Belarmino cruzou da direita e Mossoró, sozinho na pequena área, cabeceou por cima do travessão.

O primeiro chute do Bangu veio apenas aos 36, quando Bruno Santos finalizou e Jefferson defendeu bem.


Bangu cresce e vence na segunda etapa

Na segunda etapa, o Bangu voltou outro, definitivamente. Logo no primeiro minuto, Bruno Santos cruzou da esquerda, Marcelo Fernandes cabeceou para o meio e Fernando Júnior mandou para o fundo da rede, abrindo o marcador já no primeiro minuto.

O Nova Iguaçu não teve força para reagir e perdia muito a bola do meio em diante. Algumas finalizações aconteciam, mas sem maior perigo para Luis Guilherme. O Bangu chegava e perdia grandes chances, como uma de Thiago Galhardo, que não chutou para o gol, mesmo sozinho na área.

Até que, no lance seguinte, saiu o segundo tento: Fernando Júnior tabelou com Douglas Touchê e cruzou; Marcelo Fernandes tentou de letra e errou, mas a bola bateu em Belarmino antes de entrar no gol. Bagu 2 a 0 e fatura praticamente liquidada.

Dali até o fim, o Bangu parecia sempre o time mais soberano e nem as mexidas do técnico Edson Souza deram resultado para que o Nova Iguaçu reagisse. A vitória banguense deixou o Laranja em situação complicada na classificação, após mais uma derrota, enquanto o Alvirrubro caminha rumo à vaga na segunda fase.


A partida
Bangu 2×0 Nova Iguaçu – Copa Rio, 6ª rodada – 25/9/2013 às 15h

Estádio de Moça Bonita (Rio de Janeiro – RJ)
Árbitro: Alexandre Tavares de Jesus
Assistentes: Patrícia Silveira da Silva e Eliziane Vidal Durães

Bangu: Luiz Guilherme; Douglas Touchê, Luiz Filipe, Carlos Renan e Paulo Vitor; Mayaro, Fernando Júnior (Hygor 40'/2T), Gabriel Galhardo (Thiago Conceição 30'/2T) e Thiago Galhardo e Bruno Santos; Marcelo Fernandes (Rodrigo Pinho 30'/2T). Técnico: Mazolinha.

Nova Iguaçu: Jefferson; Belarmino, Junior Lopes, Jorge Felippe e Uallace; Tiago Pedra (Lucas 10'/2T), Luan, Dieguinho e Mossoró (Jonathan Napu 30'/2T); Lukian (Ramon (30'/2T) e Maycon. Técnico: Edson Souza.

Cartões amarelos: Luiz Filipe, Gabriel Galhardo, Thiago Galhardo, Marcelo Fernandes (BAN); Junior Lopes, Tiago Pedra (SMA)

Gols: Fernando Júnior, 1'/2ºT (1-0); Belarmino (contra), 18'/2ºT (2-0)

. . . . . . . . . . . . . . .

Video do jogo
 
 

Fotos do jogo
 
Foto: Fabio Menezes
 
 
Foto: Carlos Junior
 
 
Foto: João Carlos Gomes
 
 
Foto: Bernardo Gleizer
 
 
Foto: Bernardo Gleizer
 
 
Foto: Bernardo Gleizer
 
 
Foto: Bernardo Gleizer
 
 
Foto: Bernardo Gleizer
 
 
Foto: Bernardo Gleizer
 
 
Foto: Bernardo Gleizer
 
 
     
Livros
 
Estatísticas
 
Jogos 4.193
Vitórias 1.741
Empates 1.005
Derrotas 1.447
Gols Pró 7.385
Gols Contra 6.414
Saldo de Gols 971
Artilheiros
 
Ladislau 230
Moacir Bueno 206
Nívio 154
Menezes 138
Zizinho 127
Luís Carlos 126
Paulo Borges 109
Décio Esteves 98
Arturzinho 93
Marinho 86