Fundado em 17 de abril de 1904
Clube
História
Estádios
Símbolos
Presidentes
Futebol
Jogos
Títulos
Atletas
Técnicos
Competições
Informação
Livros
Crônicas
Reportagens
Por onde anda?
Estatísticas
Gerais
Confrontos
Campanhas
Ranking CBF
Competições
Multimídia
Fotos
Áudios
Vídeos

» 1ª Página » Informação » Notícias » Jogos


OLARIA 1 x 2 BANGU

FICHA TÉCNICA - Súmula
Competição:
Copa Rio (2ª Fase - Grupo F - 1ª rodada do returno)
Local:
Estádio Mourão Filho (Rua Bariri), em Olaria (RJ)
Data-Hora:
Sábado, 02/11/2013 - 16h (horário brasileiro de verão)
Renda:
Não houve venda de ingressos
Público:
Jogo realizado com portões fechados
Árbitro:
Leandro de Lima e Silva (RJ)
Auxiliares:
Wendel de Paiva Gouvêa (RJ) e Ralph Coutinho Carneiro (RJ)
Guilherme; Alex (Índio – intervalo), Rafael e Vandinho; Kevin, Victor Hugo, Victor Lemos (Macleison 12'/2ºT), Ivan, Rafael Siri e Lincoln (Bruno 17'/2ºT); Léozinho.
Técnico: Luiz Antônio.

Luiz Guilherme; Douglas Touchê, Alex Lopes, Carlos Renan (Luiz Filipe - 12'/2ºT) e Christiano (Juninho – intervalo); Mayaro, Gabriel Galhardo, Thiago Galhardo e Fernando Júnior; Bruno Santos e Rodrigo Pinho (Bruno Medeiros - 20'/2ºT).
Técnico: Mazolinha.

Alex Lopes e Carlos Renan (Bangu); Victor e Rafael (Olaria)
Douglas Tuchê (Bangu)
Bangu 1 x 0: Carlos Renan, aos 3min do 1º tempo
Bangu 1 x 1: Bruno, aos 26min do 2º tempo
Bangu 2 x 1: Thiago Galhardo, aos 31min do 2º tempo

. . . . . . . . . . . . . . .

Com dez homens, Bangu vence e elimina Olaria na Bariri
Fonte: Gabriel Andrezo e Juan Rodrigues (FutRio)

Alvirrubro tem Douglas Touchê expulso, mas reage e conquista grande resultado

Um jogo de Olaria vencido pelo Bangu. Apesar da superioridade desde o início da equipe alvianil, o meia Thiago Galhardo apareceu e, juntamente com a garra banguense garantiu uma importante vitória de 2 a 1 para sua equipe, resultado que eliminou o time da casa. O Bangu pode garantir sua classificação matemática na segunda-feira (4), caso o America não vença o Volta Redonda.

O jogo já começou com a vantagem do Bangu. Logo no primeiro minuto, Thiago Galhardo bateu falta e colocou a bola na cabeça de Carlos Renan, que encobriu o goleiro e mandou para o fundo da rede: Bangu 1 a 0.

O Olaria demorou, mas conseguiu responder aos 13 minutos, quando Rafael Siri foi derrubado na área. Pênalti, que Victor Lemos bateu e Luis Guilherme defendeu. Aos 18, Victor Lemos bateu falta, Vandinho tocou para Lincoln, que soltou uma bomba para ótima defesa de Luis Guilherme. Mais tarde, Lincoln cruzou da direita e Vandinho cabeceou no travessão, antes de voltar a chutar, desta vez por cima do travessão.

A equipe do Bangu continuou pressionando e poderia ter feito o segundo gol perto do intervalo, quando Thiago Galhardo cobriu falta e encobriu Guilherme, mas a arbitragem marcou falta de ataque. Rodrigo Pinho voltou a chegar com perigo, ao cabecear cruzamento vindo da esquerda.

No finzinho do primeiro tempo, numa altura em que ninguém tinha visto nenhum cartão, o lateral banguense Douglas Touchê deu entrada criminosa em Victor Lemos e foi expulso, ainda aos 41 minutos.


Olaria pressiona, mas Bangu volta à liderança

No segundo tempo, o Olaria subiu no gramado e passou a pressionar, com Índio tendo sido lançado no lugar do zagueiro Alex. O jogo ficou mais pegado e o Bangu jogou mais no contra-ataque. Num deles, Thiago Galhardo cruzou da esquerda e Fernando Júnior, sozinho, chutou na trave.

O Alvianil cercava a área, mas não chutava. Quando chutou, contou com a sorte para empatar: Macleison recebeu de Leozinho e cruzou na área, a bola bateu em Alex Lopes e sobrou livre no meio para Bruno, que empurrou para a rede e igualou o marcador, aos 25 minutos.

No entanto, o que parecia uma virada acabou se tornando pesadelo para o Olaria: Bruno Santos alternou o ritmo de sua corrida pela esquerda, passou por Vandinho e foi derrubado na área. Pênalti, que Thiago Galhardo chutou e converteu, dando a vitória ao Bangu, mesmo com apenas dez jogadores em campo.


A partida

Olaria 1×2 Bangu – Copa Rio, 4ª rodada da 2ª fase – 2/11/2013 às 16h

Estádio da Rua Bariri (Rio de Janeiro – RJ)
Árbitro: Leandro de Lima e Silva
Assistentes: Wendel de Paiva Gouvêa e Ralph Coutinho Carneiro

Olaria: Guilherme; Alex (Índio – intervalo), Rafael e Vandinho; Kevin, Victor Hugo, Victor Lemos (Macleison 12'/2ºT), Ivan, Rafael Siri e Lincoln (Bruno 17'/2ºT); Léozinho. Técnico: Luiz Antônio.

Bangu: Luis Guilherme; Douglas Touchê, Alex Lopes, Carlos Renan (Luiz Filipe 12'/2ºT) e Christiano (Juninho – intervalo); Mayaro, Gabriel Galhardo, Thiago Galhardo e Fernando Júnior; Bruno Santos e Rodrigo Pinho (Bruno Medeiros 20'/2ºT). Técnico: Mazolinha.

Cartões amarelos: Rafael Siri, Victor Lemos (OLA); Alex Lopes, Carlos Renan (BAN)

Cartão vermelho: Douglas Touchê (BAN), 41'/1ºT

Gols: Carlos Renan, 1'/1ºT (0-1); Bruno, 25'/2ºT (1-1); Thiago Galhardo (pênalti), 32'/2ºT (1-2)

Público e renda: portões fechados

. . . . . . . . . . . . . . .

Na base da superação: Bangu bate o Olaria e fica a um passo da Semifinal
Fonte: Luciano Tadeu (Panorama Oeste)

Pela 1ª rodada do returno da segunda fase da Copa Rio, o Bangu, heroicamente, derrotou o Olaria por 2×1, na Rua Bariri

O time da casa precisava vencer a qualquer custo para manter viva as esperanças de seguir na Copa Rio. mas quem tratou de colocar fim às esperanças do Alvianil da Leopoldina, foi o Banguzão. Logo no primeiro, minuto, o Guerreiro Carlos Renan, tratou de balançar às redes da Bariri. A batalha seguia como uma de final de campeonato. Com direito até a um defesaço de pênalti pelo Goleiro Luis Guilherme e tem mais: a equipe banguense jogou com um jogador a menos desde 41 minutos da etapa inicial, quando Douglas Tuchê foi expulso.

Na segunda etapa, a partida ganhou ares dramáticos! O Olaria não queria sair com o resultado negativo dentro de casa. Foi buscar o resultado, e conseguiu: Bruno, deixou tudo igual para o time da casa. Mas, o Alvirrubro não se deu por vencido. Os mulatinho rosados foram buscar o empate na base da superação:Thiago Galhardo, de pênalti, colocou o Bangu novamente à frente do placar. E ficou nisso Bangu 2×1 Olaria.

Ao final da partida, o Técnico Mazolinha, mais uma vez, creditou todo mérito da vitória ao grupo:

- A receita foi superação! Foi uma batalha que nós vencemos! Cada um deu o máximo de si e fomos buscar essa vitória na base da superação! -declarou o treinador.

O Zagueiro Carlos Renan, que levou 5 pontos na canela, fez questão de lembrar as recentes tragédias envolvendo o Bangu:

- Gostaria de dedicar essa vitória de hoje, em especial o gol que fiz, para o querido João Rodrigo e o pequeno banguense Caio. Esse foi no teu estilo Pelé! Que bom poder trazer um pouco de alegria para Bangu que nos últimos dias não teve motivos para sorrir.

O Bangu pode garantir sua classificação matemática para as semifinais da Copa Rio na segunda-feira (04/11), caso o America não vença o Volta Redonda. Carlos Renan e Galhardo fizeram os gols da equipe da Zona Oeste. Bruno marcou para o Olaria.

Na próxima rodada, quinta-feira, dia 07, o Olaria vai até a Cidade do Aço enfrentar o Volta Redonda, às 20 horas, no Raulino de Oliveira. No mesmo dia, só que às 16 horas, o Bangu recebe o America, em Moça Bonita.

. . . . . . . . . . . . . . .

Video do jogo
 
 

Fotos do jogo
 
Foto: João Carlos Gomes
 
 
Foto: João Carlos Gomes
 
 
Foto: João Carlos Gomes
 
 
Foto: João Carlos Gomes
 
 
Foto: Raffa Tamburini
 
 
 
     
Livros
 
Estatísticas
 
Jogos 4.193
Vitórias 1.741
Empates 1.005
Derrotas 1.447
Gols Pró 7.385
Gols Contra 6.414
Saldo de Gols 971
Artilheiros
 
Ladislau 230
Moacir Bueno 206
Nívio 154
Menezes 138
Zizinho 127
Luís Carlos 126
Paulo Borges 109
Décio Esteves 98
Arturzinho 93
Marinho 86