Bangu Atlético Clube: sua história e suas glórias
Boavista é punido por escalação irregular, perde sete pontos e corre risco de ser rebaixado no Carioca
17/02/2022
Fonte: ge
Time é julgado no TJD-RJ por usar volante Ryan Guilherme contra Vasco e Flamengo; cabe recurso
Foto: André Durão
Boavista usou o volante Ryan Guilherme contra o Vasco e o Flamengo
Boavista usou o volante Ryan Guilherme contra o Vasco e o Flamengo

Mudança na classificação do Campeonato Carioca. O Boavista foi julgado e condenado no Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro (TJD-RJ) nesta quarta-feira, por escalação irregular do volante Ryan Guilherme, e perdeu sete pontos. Com isso, o time de Saquarema, que tinha seis pontos e estava em nono lugar, caiu para a lanterna com um ponto negativo, passando a correr risco de rebaixamento restando cinco rodadas, já que o último colocado cairá para a Segunda Divisão do Estadual. Cabe recurso da decisão, que também aplicou uma multa de R$ 1 mil, no Pleno do TJD-RJ e no STJD.

O processo teve origem em uma notícia de infração movida por Madureira e Bangu, que acionaram a Procuradoria do TJD-RJ. Ryan Guilherme foi expulso por agressão na última rodada da Taça Guanabara do ano passado, contra a Portuguesa-RJ, e depois foi julgado e suspenso em cinco partidas. Contratado para o time sub-20 do Fortaleza, o volante não precisou cumprir a suspensão lá, pois a pena é de âmbito estadual. Ele voltou ao Boavista em 2022, não foi relacionado para a estreia contra o Botafogo, mas ficou no banco e entrou no segundo tempo contra Vasco e Flamengo.

Foto: Divulgação
Ryan Guilherme defendeu o sub-20 do Fortaleza no segundo semestre de 2021
Ryan Guilherme defendeu o sub-20 do Fortaleza no segundo semestre de 2021

O caso foi julgado pela 5ª Comissão Disciplinar do TJD-RJ. A defesa do Boavista argumentou que Ryan Guilherme cumpriu a suspensão no Carioca Sub-20, mas não adiantou, e o clube foi punido por unanimidade com base no artigo 214 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que não prevê pontos aos adversários. Ou seja, nem Vasco e Flamengo, times que enfrentaram o volante em campo, tampouco Madureira e Bangu, que fizeram a denúncia, podem se beneficiar com os pontos retirados.