Bangu Atlético Clube: sua história e suas glórias
Lembra dessa? Thiago Galhardo trabalhava na Petrobrás antes de ser jogador
04/04/2022
Fonte: Portal do Colorado (De Vitor Gonçalves)

O atacante Thiago Galhardo largou uma carreira na Petrobrás pelo sonho de ser jogador de futebol. Após grave lesão no joelho, o centroavante havia desistido de tentar a carreira nos gramados, e resolveu se dedicar aos estudos. Ele passou no concurso e entrou na empresa, porém, o futebol mudou o seu destino.

Com um emprego estável, ganhando bem, e podendo fazer uma carreira, tudo parecia caminhar bem na vida de Galhardo. Até que uma proposta do Bangu mudou tudo. Para assinar com o clube carioca, ele teve que fazer uma escolha.

“Estava bem tranquilo com a minha decisão de largar o futebol, mas uma chance mexeu demais comigo. Um amigo do meu pai estava levando um menino para o Bangu e fui junto. Bastou um treino para ser aprovado”, disse o jogador em entrevista à ESPN.

As condições de trabalho na Petrobrás eram as sonhadas por muitos brasileiros. Para estudante, o salário era de R$ 1,5 mil e para trabalhar era de R$ 4,5 mil.

“Quando assinei contrato no Bangu e saí da Petrobras até chorei porque sabia que depois daquilo estaria abrindo mão de tudo que tinha conquistado. Todos os meus familiares me chamaram de louco, a única pessoa que me apoiou foi a minha mãe. Mas não me arrependo nem um pouco”, afirmou.

Thiago Galhardo demorou a deslanchar

O atacante rodou por clubes do futebol brasileiro antes de ganhar notoriedade. Foi somente no Ceará, recentemente, que ele começou a se destacar.

Em 2019, ele brilhou no time cearense e apareceu de fato para o futebol brasileiro. O centroavante fez 12 gols no Campeonato Brasileiro daquele ano, sendo a sensação da competição.

Pelo bom desempenho, despertou o interesse de alguns clubes grandes. Foi quando foi negociado com o Internacional, em 2020.